O certificado digital não é nada mais nada menos que um bilhete de identidade na Internet- Isaías Barreto

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,21 set 2021 11:52

1

Isaías Barreto da Rosa, Pedro Lopes
Isaías Barreto da Rosa, Pedro Lopes Rádio Morabeza

A Agência Reguladora Multissectorial da Economia realizou hoje o fórum "Certificado digital: da legislação ao relacionamento entre cidadão e as administrações pública e privada”. O presidente do Conselho de Administração da ARME diz que o certificado digital está em fase de implementação plena, o que irá trazer alguns desafios.

Isaías Barreto, avança que o certificado digital, não é nada mais nada menos que um bilhete de identidade na Internet.

"Com o certificado digital nós podemos por exemplo, assinar documentos digitalmente, nós podemos interagir com administração pública remotamente, podemos interagir com empresas públicas e ou privadas remotamente, existem países até onde as pessoas podem votar remotamente utilizando o seu telemóvel com base no certificado digital". 

Para o PCA da ARME este evento "é importante porque estamos aqui a conversar sobre esta temática, e sobretudo estamos a trabalhar em propostas concretas que serão depois apresentadas para melhorarmos o nosso contexto nacional em termos de infra-estruturas, ou seja em termos do sistema que nós temos de certificados digitais e de assinaturas digitais, isso afecta naturalmente o dia-a-dia de cada cidadão", explica.

A abertura do Fórum foi presidida pelo Secretário de Estado da Economia Digital.

Pedro Lopes diz que o certificado digital é uma ferramenta que tem que estar ao serviço dos cidadãos para tornar as suas vidas mais fáceis e para que estes possam ''beneficiar dos seus serviços, dos direitos como cidadãos, e também das suas obrigações", apontou. 

"É para isso que esta discussão hoje vai ser importante. Vamos estar a falar com a ARME que está aqui a falar sobre a questão dos certificados digitais, das chaves digitais. Nós queremos que um cidadão se possa autenticar, e possa aceder àquilo que são os serviços que o Estado tem que prestar de uma forma simples, cómoda, e também pensando hoje em dia no COVID-19, a forma que e as pessoas poderem fazerem isso cada vez mais a distância", avança.

O Secretário de Estado da Economia Digital, Pedro Lopes, diz que o certificado surge através de um financiamento do Banco Mundial.

O governante avançou que neste momento há um pacote totalmente dedicado a investimentos em Tecnologia da Informação e Comunicação, orçado em cerca de 30 milhões de dólares, um investimento que acredita que vai servir o país em diversas áreas.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,21 set 2021 11:52

Editado porAndre Amaral  em  27 jun 2022 23:29

1

pub.
pub.
pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.