ARME assina Convénio de Qualidade de Serviço Postal Universal com os Correios de Cabo Verde

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,4 mai 2021 17:21

Isidoro Gomes, Isaías Barreto
Isidoro Gomes, Isaías Barreto Rádio Morabeza

A Agência Reguladora Multissectorial da Economia (ARME) assinou um Convénio de Qualidade de Serviço Postal Universal, com os Correios de Cabo Verde (CCV). O presidente do conselho de administração da ARME recorda que o objectivo da reguladora é garantir a qualidade dos serviços postais prestados no país.

Isaías Barreto, PCA da ARME, avança que foram definidos vinte indicadores de qualidade "que vão desde o tempo que demora uma correspondência para chegar ao seu destino até o tempo que o consumidor ou o utilizador dos serviços postais tem de esperar numa fila para ser atendido, concordamos em implementar um mecanismo rigoroso de monitorização e de seguimento, para que efectivamente possamos garantir que esse nível de qualidade, relativamente ao qual chegamos a acordo, possa de facto ser implementado, nós iremos fazer esse trabalho num espírito de diálogo, de concertação, de criação de sinergias para que efectivamente os nossos consumidores possam ter uma melhor qualidade de serviço".

Para o presidente do conselho de administração dos Correios de Cabo Verde (CCV), o convénio traz novos desafios e novas exigências.

Isidoro Gomes afirma que o acordo agora assinado irá exigir avultados investimentos, nomeadamente na eficiência do processo, na cadeia de produção postal e na formação dos recursos humanos.

"Investimentos acima de tudo em sistemas de informação. Neste momento já estamos na fase de fecho de estruturação do programa robusto de investimento da empresa, acreditamos que, até ao final deste ano, estaremos em condição plena para prestarmos todos estes serviços dentro dos padrões de qualidade com os quais nos comprometemos. Os clientes vão ter instrumentos para reclamarem, para exigirem dos Correios, e acima de tudo esperemos que venham sentir uma melhoria no concernente à qualidade do serviço, quer no atendimento, quer no tempo que esperam para receber os seus objectos, e acima de tudo também no seguimento, ou seja no tracking que fazem dos seus objectos quando têm os Correios de Cabo Verde como o intermediário ", explica

O presidente do conselho de administração dos Correios de Cabo Verde (CCV) comenta que, para este ano, a empresa prevê investir cerca de cinco mil contos em formação de pessoal e no recrutamento de novos profissionais, para distribuição. Também será melhorado o sistema de informação da empresa postal.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,4 mai 2021 17:21

Editado porAndre Amaral  em  11 mai 2021 22:19

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.