Ilha do Sal tem 65 crianças em situação de risco

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,7 mar 2022 11:27

Formação para os Profissionais/Monitores do ICCA
Formação para os Profissionais/Monitores do ICCA Rádio Morabeza

O Sal é a ilha com maior número de menores em situação de risco. A informação foi avançada, esta manhã, pela presidente do Instituto Cabo-verdiano da Criança e do Adolescente (ICCA), em declarações aos jornalistas à margem da Formação para os Profissionais/Monitores do ICCA em Matéria do Atendimento e do Cuidado.

Maria Silva diz que o ICCA tem estado a trabalhar para encontrar uma alternativa para estas crianças.

“Nesse momento temos cerca de 65 (crianças) na ilha do Sal, temos 35 em São Vicente, 25 na Praia, mas esse número varia. Nós estamos a trabalhar, há crianças que já regressaram para o seio familiar, outras que já regressaram para a escola, e outras ainda que, infelizmente, permanecem na rua. Mas nós estamos a trabalhar, no sentido de encontrar uma alternativa para essas crianças ”,explica.

As crianças em situação de risco têm entre os 12 aos 17 anos.

A secretária de Estado da Inclusão Social, Lídia Lima, refere que o governo está a trabalhar para combater o fenómeno das crianças de rua, com auxílio dos parceiros internacionais, com apoio financeiros da UNICEF e também com a Bornefonden.

"Nós já temos monitores de rua a trabalhar no mapeamento das crianças em situação de rua, também no próprio acompanhamento dessas crianças para o seu ambiente familiar, mas também para noutras instituições como os centros de emergência e outras instituições que também albergam as crianças. Em São Vicente, por exemplo, temos o Centro Juvenil Nho Djunga. Depois temos o plano nacional de combate à violação sexual das crianças, que é um plano também que contará com a congregação dos esforços dos diferentes serviços, tutelados pelos diferentes ministérios, nas áreas da justiça, da educação, da família, também da saúde e do próprio turismo. Iremos congregar esses esforços, mas já estamos a trabalhar", avançou a governante.

A formação para os Profissionais/Monitores do ICCA em Matéria do Atendimento e do Cuidado visa reforçar a capacidade técnica e interventiva do ICCA perspectivando a reintegração familiar, escolar e profissional das crianças em situação de rua.

A formação conta com a parceria do Plan Bornefonden, da Dinamarca. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,7 mar 2022 11:27

Editado porAilson Martins  em  22 nov 2022 23:27

pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.