ERIS apreendeu 15 mil medicamentos em 2023

PorExpresso das Ilhas, Lusa,4 dez 2023 15:20

​A Entidade Reguladora Independente da Saúde (ERIS) apreendeu 14.865 medicamentos e 1.225 produtos cosméticos nas acções de inspeção realizadas em 2023. Em comunicado, a ERIS explica que, no ano passado, foram realizadas acções de inspeção a 68 estabelecimentos do sector farmacêutico, em todo o território nacional, classificados como farmácia, fabricante, distribuidor de medicamentos e estabelecimento de comércio geral.

As acções tiveram como objectivo verificar o cumprimento dos requisitos legais aplicáveis ao sector farmacêutico, especificamente, aos medicamentos de uso humano.

"As inspecções realizadas a estabelecimentos de comércio geral resultaram na apreensão de 14.865 unidades de medicamentos de uso humano em oito dos estabelecimentos inspeccionados no âmbito das actividades de combate ao mercado ilícito, retirando-se do mercado medicamentos considerados inseguros", lê-se no comunicado.

Em oito estabelecimentos do sector farmacêutico, classificados como importadores e distribuidores de produtos cosméticos, a entidade apreendeu também 1.225 unidades de produtos cosméticos que continham ingredientes proibidos na sua composição.

"Ainda, durante as ações inspetivas, realizou-se a colheita de amostras para a comprovação laboratorial da qualidade de produtos cosméticos, em colaboração com entidade congénere", explica.

Em Dezembro, a Entidade Reguladora Independente da Saúde lançou um sistema informático para ajudar a garantir segurança para a saúde pública em todos os produtos cosméticos que entrem no país.

O Sistema Informático para Comunicação de Actividade dos Operadores e Regularizações de Produtos Cosméticos garantiu que "apenas produtos seguros e em conformidade com os padrões nacionais e internacionais" entram no mercado cabo-verdiano.

A ERIS foi criada em 2019, com a extinção da Agência de Regulação e Supervisão dos Produtos Farmacêuticos e Alimentares, da Direcção Geral de Farmácia e da Inspecção Geral da Saúde.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,4 dez 2023 15:20

Editado porClaudia Sofia Mota  em  12 abr 2024 23:28

pub.

pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.