Ulisses Coreia e Silva reafirma compromisso de melhoria da situação socioeconómica

PorLourdes Fortes, Rádio Morabeza,26 dez 2017 14:06

Ulisses Correia e Silva
Ulisses Correia e Silva

Ulisses Coreia e Silva reafirma o compromisso do governo para a melhoria do tecido socioeconómico nacional, sobretudo das camadas mais vulneráveis.

A posição do chefe do executivo está expressa na sua mensagem de natal.

“Compromisso que venho trabalhando incansavelmente ao longo destes 19 meses de governação.Um trabalho árduo que começa a mostrar os seus resultados, pois já conseguimos ver grandes avanços no emprego, na segurança, na economia e nos programas sociais”, afirma

O primeiro-ministro aponta algumas das medidas que serão implementadas em 2018, com benefício directo para as famílias.

“Estamos trabalhando para aumentar a oferta de empregos, iremos aumentar também o salário mínimo também para treze (13) mil escudos. O ensino pré-escolar vai ser para todas as crianças, as pessoas com deficiência vão ter acesso gratuito ao ensino [do pré-escolar ao superior], também o plano nacional de cuidadas dirigidas às famílias será implementado”, aponta.

O reforço do apoio as ONGs e associações que cuidam das crianças, dos idosos e das pessoas com deficiência, do programa para igualdade de género e empoderamento da mulher estão entre as medidas anunciadas por Ulisses Correia e Silva. Com estas medidas, o executivo quer tornar as famílias autónomas e auto-suficientes.

“Todas estas acções mostram que a nossa política social vai no sentido de tornar as famílias autónomas e auto-suficientes pelo acesso ao emprego, a produção e ao rendimento e vai no sentido de dar protecção social àqueles que precisam de cuidados especiais”, assegura.

Ulisses Correia e Silva fala também dos efeitos da seca e do mau ano agrícola nas famílias e confirma o apoio do governo para os agricultores e criadores de gado.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Lourdes Fortes, Rádio Morabeza,26 dez 2017 14:06

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  23 set 2018 3:22

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.