Governo promove mais uma conferência sobre regionalização

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,26 mar 2018 7:14

Porto Novo
Porto Novo

​Uma conferência/debate sobre a regionalização em Cabo Verde é realizada terça-feira, 27, na cidade do Porto Novo, Santo Antão, numa iniciativa do Governo, presidida pelo primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva.

Segundo uma nota do Governo, a conferência de Porto Novo - depois de Praia e Mindelo - constituirá uma oportunidade para a partilha de opiniões e procura de soluções para o modelo de regionalização que se pretende implementar no país.

Esta é segunda conferência que Porto Novo recebe em pouco mais de um ano para uma reflexão sobre a problemática de regionalização em Cabo Verde.

A primeira ocorreu em Janeiro de 2017, numa iniciativa do grupo parlamentar do Movimento para a Democracia (MpD, poder). Os participantes defenderam, na altura, que a regionalização em Cabo Verde não deverá representar “mais custos” para país.

A conferência do Porto Novo vai debruçar-se sobre a proposta de lei que cria e regula o modo de eleição, as atribuições e a organização das regiões administrativas em Cabo Verde, que o Governo pretende submeter ao Parlamento

A proposta de lei, que define uma região administrativa como sendo “uma autarquia local de grau superior ao município”, e que tem por território uma ilha, propõe a criação de dez regiões em Cabo Verde, duas das quais em Santiago (Norte e Sul).

As restantes coincidem com as ilhas, sendo que, em relação a Santo Antão, propõe-se a sede da região na cidade da Ribeira Grande.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,26 mar 2018 7:14

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  13 nov 2018 3:23

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.