Governo quer manter aumento de taxas aduaneiras sobre lacticínios

PorAndre Amaral,22 out 2018 12:17

Ministro das Finanças fez hoje apresentação das linhas gerais do Orçamento do Estado para 2019 e anunciou que o aumento das taxas aduaneiras sobre a importação de lacticínios e seus derivados, que tinha sido decidido no OE do ano passado, é para manter. Decisão final, no entanto, caberá aos deputados.

O Orçamento do Estado para 2019 deverá manter o aumento das taxas aduaneiras, implementado no ano passado, sobre os lacticínios, disse hoje o ministro das Finanças, Olavo Correia, na conferência de imprensa de apresentação do Orçamento do Estado para 2019. No entanto, o ministro esclareceu que apesar de ser esta a intenção do governo, a decisão final será tomada pelos deputados aquando da votação da lei do Orçamento do Estado.

No ano passado, o governo decidiu aumentar as taxas aduaneiras sobre a importação de lacticínios e seus derivados, no que classificou como sendo uma medida tendo em vista a protecção da indústria nacional que, na altura, dava os primeiros passos.

A medida causou polémica quando surgiu a informação de que o ministro das Finanças seria accionista de uma das empresas beneficiadas pela medida, o que motivou uma queixa, entretanto arquivada, por parte do PAICV na Procuradoria Geral da República.

Agora, com o novo Orçamento do Estado este aumento deverá manter-se, estando apenas dependente da votação pelos deputados na Assembleia Nacional.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Andre Amaral,22 out 2018 12:17

Editado porAndre Amaral  em  15 jul 2019 23:22

pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.