​José Maria Neves defende investimento na educação cidadã e inovadora como prioridade nacional

PorFretson Rocha, Rádio Morabeza,20 set 2022 11:17

O Presidente da República quer que o investimento na educação cidadã e inovadora continue a ser prioridade nacional, no sentido de acelerar o processo de transformação socioeconómica e política do país. José Maria Neves discursava esta segunda-feira, 19, durante a Cimeira Transformação da Educação que decorreu à margem da 77.ª sessão da Assembleia-Geral da ONU, que arranca hoje em Nova Iorque.

Durante a sua intervenção, o chefe de Estado apresentou seis compromissos de Cabo Verde para transformar a educação, no sentido de maior qualidade e inclusão.

“Apostar na transformação digital capaz de conectar Cabo Verde dentro e fora do seu território e com a sua altamente qualificada diáspora, para nos ligar em rede e maximizar o saber, a ciência e inovação; reforçar acções para o desenvolvimento de competências digitais no sistema educativo, dando prioridade a um programa de educação digital para todos em todos os níveis de ensino e promover iniciativas para a utilização intensiva das TIC”, refere.

José Maria aponta o reforço das capacidades dos docentes para darem resposta às necessidades de aprendizagem dos alunos e tirarem partido das TIC e das ferramentas do ensino à distância como outra prioridade. Também defende o fortalecimento das práticas de educação inclusiva que abranjam tanto as crianças, adolescentes e jovens com necessidades educativas específicas como os oriundos de diferentes contextos culturais, promovam a igualdade e equidade de género e estejam assentes numa abordagem multissectorial.

“Transformar as universidades em espaços de inovação, de experimentação e de aceleração da aprendizagem para o desenvolvimento sustentável do país, particularmente nos domínios das TIC, da economia azul e da economia verde, capitalizando o potencial da diáspora académica para a criação de uma verdadeira Universidade Global”, realça.

Outro compromisso apontado pelo mais alto magistrado da Nação tem que ver com a consagração de 20% do Orçamento do Estado para o sector da Educação durante os próximos anos, dando atenção à primeira infância, à qualidade das aprendizagens e à transformação digital e apoiando-se não só nos recursos do Estado, mas também nas parcerias público-privadas e nas reformas da gestão administrativa e financeira, visando ganhos de eficiência e eficácia.

“Cabo Verde ambiciona continuar a ser uma referência na região e no mundo em termos de Educação. Queremos transformar a Educação, a todos os níveis, para que ela seja o acelerador de um crescimento económico inclusivo e ambientalmente sustentável”, diz.

Para Neves, África só será um actor relevante na arena internacional se apostar fortemente numa “educação que crie valor espiritual e vigor intelectual suficientes para a imaginação de um futuro muito melhor e a catalisação do desenvolvimento sustentável de todo o continente”.

A semana de alto nível da 77.ª Assembleia-Geral da ONU, que reúne líderes de todo o mundo em Nova Iorque, arranca hoje presencialmente, com atenções concentradas na crise internacional desencadeada pela invasão russa na Ucrânia.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha, Rádio Morabeza,20 set 2022 11:17

Editado porAndre Amaral  em  2 out 2022 17:20

pub.
pub.
pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.