Primeiro-ministro participa na Cimeira dos Líderes EUA-África em Washington

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,12 dez 2022 7:50

O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, vai representar Cabo Verde na Cimeira dos Líderes EUA-África que irá decorrer de 13 a 15 de Dezembro, em Washington, nos Estados Unidos da América.

O comunicado faz referência que a caminho dos Estados Unidos da América, Ulisses Correia e Silva será recebido pelo seu homólogo português António Costa, em Lisboa, no dia 12 de Dezembro, na residência oficial do primeiro-ministro português.

Relativamente à Cimeira EUA-África, a nota de imprensa informa que durante o evento serão abordados temas ligados à paz, democracia, alterações climáticas, segurança alimentar e a boa governação, sendo que Ulisses Correia e Silva fará a sua intervenção no primeiro dia dos trabalhos.

De acordo com o programa, a participação do chefe do Governo cabo-verdiano será feita no Fórum Sociedade Civil, juntamente com os líderes da Gâmbia e da Zâmbia, no Instituto pela Paz dos Estados Unidos da América.

“Logo no primeiro dia da visita, será recebido pelo Governador de New Hampshire e testemunhará a assinatura do memorando de entendimento entre o Governo de Cabo Verde – representado pela ministra Janine Lélis e a Guarda Nacional de New Hampshire”, lê-se no comunicado.

No dia 14, de acordo com a nota, Ulisses Correia e Silva irá participar, juntamente com outros 49 líderes africanos, no acto central do fórum EUA-África, que contará com a presença do presidente norte-americano, Joe Biden, no Centro de Convenções de Washington.

A mesma fonte informa que no dia 15 de Dezembro, terceiro e último dia da cimeira, o evento será dedicado à Agenda 2063, com uma sessão entre os líderes africanos e a administração norte-americana. Depois de Washington, o chefe do Governo desloca-se a Massachusetts, onde vive uma importante comunidade cabo-verdiana nos EUA, e irá cumprir um intenso programa.

Ainda conforme o comunicado, Ulisses Correia e Silva irá participar igualmente no dia 17 no acto de celebração dos 20 anos de cooperação entre Cabo Verde e a Universidade de Bridgewater, para logo de seguida marcar presença em New Bedford, no acto oficial do Regresso do Navio Ernestina-Morrissey, que foi oferecido ao governo norte-americano por Cabo Verde, depois da Independência e que, hoje, depois de recuperado, vem servindo a Academia Marítima do estado de Massachusetts na formação e treino de cadetes.

No período da tarde, o chefe do executivo efectuará uma visita ao Museu Cabo-verdiano de Pawtucket, em Rhode Island, salientando que a missão de Ulisses Correia e Silva aos EUA termina com um encontro agendado com a comunidade cabo-verdiana em Brockton.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,12 dez 2022 7:50

Editado porAndre Amaral  em  3 set 2023 23:30

pub.

pub.

pub
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.