"Stopover da Ocean Race em São Vicente é uma aposta ganha em várias frentes" - PM

PorLourdes Fortes, Rádio Morabeza,20 jan 2023 20:51

O primeiro-ministro afirma que o stopover da Ocean Race é uma aposta ganha em várias frentes. Ulisses Correia e Silva destaca sobretudo a projecção do arquipélago a nível mundial, bem como o aumento da consciência ambiental para a preservação dos oceanos.

O chefe do governo intervinha na cerimónia de inauguração da Ocean Live Park, no Porto Grande, Mindelo, onde foram montadas diferentes infra-estruturas de apoio aos veleiros, respectivos velejadores, equipas técnicas, staff internacional e visitantes.

“Traze-la [à regata] para São Vicente foi uma grande aposta, uma aposta ganha. Os primeiros barcos vão chegar hoje à noite e quando todos estiverem aqui, vai ser o maior espectáculo de sempre em São Vicente. A The Ocean Race é mais do que competição, traz valores, o valor da protecção e conservação do oceano e o direito dos oceanos. Valores que são hoje pertinentes”, referiu.

O primeiro-ministro destacou a presença das instituições de ensino e de investigação na Ocean Live Park, como forma de reforçar o papel do sector na “sensibilização para a problemática da conservação da biodiversidade”.

De acordo com Ulisses Correia e Silva, a presença da regata em São Vicente também deixará ganhos ao nível de infraestruturas.

“Quando o evento terminar vão ficar coisas boas para São Vicente, este evento coloca Cabo Verde e Mindelo no centro do interesse do mundo e já está a acontecer. Vai deixar infra-estruturas, o pontão onde os barcos vão parar ficará aqui e vai ser utilizado para outros eventos. Para a zona de Tanquim já está lançado o concurso de projecto técnico e de arquitectura, vai ser reabilitada para podermos ter acessibilidade até à praia da Matiota, para que possamos criar na zona da Cabnave infra-estruturas que vão acolher próximos eventos”, apontou.

Presente na cerimónia, o chairman da corrida, Richard Brisius, destacou o “momento histórico” que representa a paragem da regata em Cabo Verde.

“Todos nós temos os grandes sonhos na vida e tínhamos o sonho de trazer a corrida do oceano a Cabo Verde, que se concretizou graças a visão de muitas pessoas. Vai ser uma bela paragem por aqui”, assegurou.

A luta por um oceano mais saudável e a literacia dos oceanos foram outros pontos mencionados na intervenção de Richard Brisius, que recordou que os propósitos da Ocean Race estão alinhados com vários Objectivos de Desenvolvimento Sustentável da Nações Unidas.

O stopover em Cabo Verde é complementado com uma agenda paralela, com destaque para a Ocean Race Summit, dia 23, durante a manhã, no Centro Oceanográfico. Evento que contará com a presença do secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, além do Primeiro-Ministro, Ulisses Correia e Silva, do homólogo português, António Costa, e outros membros do governo cabo-verdiano, além de personalidades de relevo internacional.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Lourdes Fortes, Rádio Morabeza,20 jan 2023 20:51

Editado pormaria Fortes  em  3 fev 2023 15:20

pub.
pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.