​Centro Cultural do Mindelo requalificado e “voltado para a cidade” até início de 2020

PorFretson Rocha, Rádio Morabeza,25 jul 2019 7:36

A requalificação do Centro Cultural do Mindelo, orçada em 40 mil contos, visa a sua potencialização, tornando-o uma estrutura de dimensão internacional. Quem o diz é o ministro da Cultura e das Industrias Criativas, que falava na tarde desta quarta-feira à imprensa, em São Vicente, na sequência da apresentação do projecto de requalificação do CCM.

Abraão Vicente explica que a ideia é fazer uma intervenção de fundo e devolver o Centro Cultural à cidade, para que as actividades sejam programadas de modo a que os mindelenses possam ver a infra-estrutura como um local onde podem estar e programar as suas actividades familiares e artísticas.

“Nós tentamos abrir e voltar o edifício para a cidade. Mas sobretudo tentamos redesenhar a parte interna para que tenhamos mais actividades e com maior qualidade. O objectivo principal é aumentar o nível dos projectos. Para além da direcção artística existente cá, a ideia é que o Centro Cultural seja apelativo para que curadores e artistas internacionais venham fazer a residência e percebam que o novo CNAD e o CCM fazem de Mindelo um sitio onde podem fazer projectos de nível internacional. Basicamente, o que nós pretendemos é criar uma infra-estrutura de dimensão internacional para poder se casar com o CNAD”, explica.

Uma das intervenções é a requalificação da zona exterior contígua com o próprio edifício. No interior, algumas salas vão ser requalificadas e haverá espaço para um café cultural.

Outra novidade é que, no futuro, o Clube Náutico servirá de complemento ao Centro Cultural do Mindelo.

“É público que o Clube Náutico é património do Estado, é património do Ministério da Cultura. Tem havido ao longo dos anos um uso essencialmente privado, em que o Clube Náutico está, não só de costas voltadas para a cidade, mas não tem servido o propósito de dinamizar e fazer o complemento com o Centro Cultural do Mindelo. O objectivo a médio logo prazo, quer da Câmara Municipal, quer do Ministério da Cultura é fazer com que o clube náutico estenda espaços de programação nacional”, diz.

Ainda não há uma data para o arranque dos trabalhos, mas Abraão Vicente acredita que a inauguração aconteça no início do próximo ano.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha, Rádio Morabeza,25 jul 2019 7:36

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  14 dez 2019 23:21

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.