Abriram as "cortinas de prata". Mindelact já começou

PorLourdes Fortes, Rádio Morabeza,7 nov 2019 9:56

Arrancou esta quarta-feira a edição de 2019 do Mindelact. O Festival, que este ano celebra as bodas de prata, decorre até o dia 16, com um cartaz composto por 72 espectáculos, 50 companhias e 13 países.

No discurso de abertura do evento, João Branco, presidente da Associação Mindelact, destacou a importância do crescimento do evento ao longo dos anos e a economia dos afectos que o sustenta.

“O que sustenta o Mindelact acima de tudo é aquilo que designamos, desde 2014, de economia dos afectos. É, efetivamente, o afecto que faz o Mindelact existir, sem o afecto o custo concreto financeiro deste festival teria que ser multiplicado por 20. Se nós gastamos cerca de 5 mil contos a fazer este festival, sem o afecto custaria 20 vezes mais”, afirmou

Segundo João Branco, ao longo do Mindelact serão homenageados figuras e instituições que fizeram parte da história do festival.

Por seu lado, na sua intervenção, o ministro da Cultura e das Indústrias Criativas, Abraão Vicente, sublinhou a relevância do Mindelact no panorama teatral nacional.

“Em nome do governo, quero reconhecer, no dia em que celebramos as bodas de prata do Mindelact, a relevância, a importância e o papel formativo, na ausência de uma escola de teatro, de dramaturgia, ou de uma escola que promova o teatro e aquilo que se escreve para o teatro em Cabo Verde, mas também na ausência de uma escola que ensina aquilo que é a dramaturgia internacional, dos autores internacionais”, disse.

O actor Elísio Leite Lima enalteceu o trabalho feito mas disse acreditar que é possível a Associação Cultural Mindelact fazer mais para os pequenos grupos teatrais.

“A associação artística Cultural Mindelact tem impulsionado, mas acreditamos que poderia impulsionar mais. O melhor momento da associação é exactamente na época do festival, temos muita coisa boa, inclusive muitas formações que poderiam melhorar em vários aspectos o desempenho individual de cada elemento que tem participado destas formações, mas na prática não temos percebido a melhoria deste desempenho”, assegurou.

"Bella Figura", de Yasmina Reza, no Palco 1, e do "Achadiço", no Palco 2, todos do Teatro Nacional São João (TNSJ), marcaram o primeiro dia do Festival.

Além de Cabo Verde, passarão pelos palcos do Mindelact grupos de Portugal, Espanha, Brasil, República Checa, Alemanha, Japão, Itália, Angola, França, Guiné-Bissau, Dinamarca e Estados Unidos.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Lourdes Fortes, Rádio Morabeza,7 nov 2019 9:56

Editado porSara Almeida  em  18 nov 2019 7:19

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.