2ª Edição do programa "EnPalco100Artistas" financiado pela União Europeia

PorDulcina Mendes,19 mai 2020 16:47

O programa "EnPalco100Artistas", criado pelo Governo de Cabo Verde, através do Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, e levado a cabo pela Bureau Export Music Cabo Verde (BEMCV), já vai na 2ª edição e conta, desta vez, com a parceria e financiamento da União Europeia (UE).

O programa tem por objectivo a transferência directa de rendimento para os artistas e criadores com residência em Cabo Verde, que vivem exclusivamente da arte e que devido às medidas de contingência e confinamento viram canceladas as suas actividades profissionais e artísticas, ou seja, a sua fonte de rendimento.

Nesta segunda edição, as candidaturas estarão abertas não só para artistas e fazedores da cultura cabo-verdianos residentes, como, também, aos artistas estrangeiros com residência fixa em Cabo Verde.

Segundo uma nota enviada às redacções, a realização da 2ª edição do "EnPalco100Artistas" é uma das formas encontradas para fazer face ao impacto do SARS-Cov-2, o novo coronavírus que obrigou a Organização Mundial da Saúde (OMS), a declarar a situação de pandemia em Março do corrente ano.

A cultura foi um dos primeiros sectores a ser afectado por este vírus que já atingiu quase todos os países do mundo, desde Dezembro de 2019, altura em que foram registados os primeiros casos.

E para minimizar os efeitos neste sector e na vida daqueles cujos rendimentos dependem da cultura, o Governo de Cabo Verde, através da tutela da cultura e das indústrias criativas disponibilizou, na primeira edição, uma verba para ajudar os artistas e criadores a auferirem de um rendimento mínimo, com o pagamento de um cachê por performances on-line.

As candidaturas para a 2ª edição, financiada pela União Europeia, já estão abertas e encerram no dia 24 deste mês. O cachê para cada performance mantém-se, à semelhança da primeira edição, nos dez mil escudos.  Conforme a mesma fonte, caso o artista beneficie de qualquer outra prestação atribuída pelo Estado de Cabo Verde, durante a vigência das medidas restritivas adoptadas no âmbito da pandemia do COVID-19, terá direito apenas a 60% do montante referido.

Para candidatar-se o artista/fazedor da cultura deve aceder à plataforma para preencher todos os dados requeridos.

"EnPalco100Artistas" conta com a actuação de 100 artistas, de vários sectores que utilizam a plataforma digital para mostrarem a sua arte, tais como artes cénicas, música, dança, slam/poesia/stand up comedy.

Dos 100 artistas seleccionados no âmbito da 1ª edição do "EnPalco100Artistas", já actuaram, até este momento 71 artistas, correspondendo a quatro mil horas horas de performance em direto (livestream).

As performances da 1ª edição arrancaram no dia 17 de Abril. A UE tem sido um importante parceiro de Cabo Verde. No sector cultural, tem sido realizado projectos de promoção do património cultural e fomento do trabalho dos artistas, cujo objectivo é elevar a cultura e as artes cabo-verdianas. 

 E hoje, haverá actuação de Ildo Rodrigues, em direto no "EnPalco100Artistas", a partir das 18h00 com uma performance de dança. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Dulcina Mendes,19 mai 2020 16:47

Editado porSara Almeida  em  2 jun 2020 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.