Festivais de música estão de volta

PorDulcina Mendes,21 nov 2021 8:32

Nha Santa Catarina de Santiago e do Fogo marcou o regresso dos festivais de música presencial que arrancam este mês. Devido à pandemia da COVID-19 todos os festivais de música foram cancelados e com a retoma das actividades culturais e algum abrandamento da doença, os festivais estão de volta.

Os festivais de música, enquadrados nas festividades dos municípios de Santa Catarina de Santiago e de Santa Catarina do Fogo marcam o regresso dos festivais de música presenciais, tal como conhecemos antes da pandemia.

Com o levantamento das restrições para evitar a propagação da COVID-19, que entraram em vigor desde 30 de Outubro, voltaram os grandes eventos de música, os Cabo Verde Music Awards (CVMA) foi um dos desses, com exigência de entrada de pessoas vacinadas com 2ª dose ou teste PCR negativo.

É neste sentido que o Expresso das Ilhas esteve em conversa com o vereador da Cultura e Juventude da Câmara Municipal de Santa Catarina de Santiago para saber como estão a preparar este festival, em tempos de pandemia. O último festival de Nha Santa Catarina tinha sido realizado em Novembro de 2019, em comemoração aos 185 anos do município, com artistas como Garry, Big Z, Gama, Mika Mendes, Tony Fika Ky-Mani Marley e Fidjus di Codé di Dona.

O Festival de Nha Santa Catarina, na ilha de Santiago, acontece no dia 20 deste mês, no centro da cidade de Assomada, com o cumprimento de todas as normas sanitárias. O festival terá a participação de Garry, PCC, MC Acondize, MC Prego Prego, Tony Fika, Gama, Miguel Semedo, Bedja KP e Lavvy.

O vereador da Cultura e da Juventude da Câmara Municipal de Santa Catarina de Santiago, Péricles Brito, garantiu que já estão criadas todas as condições para a realização do festival.

“Já estamos a preparar este festival desde há algum tempo e já tivemos uma reunião de concertação com a Polícia Nacional, a Protecção Civil, a delegacia de Saúde, para se verificar as condições sanitárias para a sua realização. E temos todas as condições para a realização do festival”, assegura.

Segundo Péricles Brito, com a realização deste festival vão incentivar as pessoas a se vacinarem. “Com este festival vamos fazer com que as pessoas se vacinem e vão ter consciência de que para frequentarem as actividades culturais têm que ser vacinadas. Nós também estamos a realizar esse evento, neste sentido, não só para retomar as actividades económicas, porque o festival gera muita actividade económica, mas também para consciencializar as pessoas que têm que vacinar para participar nas actividades do tipo”.

O vereador espera contar com um grande número de pessoas a assistir ao festival. “Em princípio vamos ter muita procura, o espaço do evento é grande, acho que não haverá problemas na mobilização das pessoas. Vamos ter várias entradas e saídas para permitir a circulação das pessoas no evento”.

Por outro lado, avisa que o cartão de vacinação vai ser exigido logo à entrada do espaço onde irá decorrer o festival. “Aliás, o cartão de vacinação vai ser a palavra de ordem, as pessoas têm que estar com a segunda dose da vacina, para poderem ter acesso ao evento”.

Em relação ao cartaz, disse que a maioria dos artistas já confirmaram presença no evento, mas os nomes serão anunciados na página da rede social da câmara até esta quinta-feira, 18.

Mais festivais

No concelho de Santa Catarina do Fogo acontece a XV edição do festival de música, nos dias 24 a 27 deste mês, e já tem confirmada a presença dos artistas Du Marthaz, Janny Brito e Patrick Brito, Ferro Gaita, Eder Monteiro, Derionny DLD 997, SOS Mucci, Buguin Martins e Tony Fika.

E para o próximo ano, os eventos como Atlantic Music Expo (AME) já estão agendados para os dias 30 de Março a 2 de Abril no Mindelo e de 4 a 7 de Abril na Praia. O Kriol Jazz Festival também deve acontecer nos dias 7 a 9 de Abril, na Praia e na ilha do Sal.

Além desses eventos, vai haver o regresso dos festivais de música em vários pontos do país.

COVID-19

O Festival de Música de Nhu Santo Amaro, no Tarrafal de Santiago, em Janeiro de 2020, foi o último festival de música realizado antes da pandemia. Em Março de 2020, o Governo anunciou o cancelamento de todos os eventos que implicam ajuntamento, para evitar a propagação da doença.

Durante esse período e até 30 de Outubro de 2021, aconteceram vários festivais de música, mas online. Antes da pandemia, Cabo Verde contava anualmente com cerca de 25 festivais de música, em todos os municípios do país. 

Texto originalmente publicado na edição impressa do Expresso das Ilhas nº 1042 de 17 de Novembro de 2021.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Dulcina Mendes,21 nov 2021 8:32

Editado porDulcina Mendes  em  8 dez 2021 23:20

pub.

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.