​Resumo de um fim-de-semana de futebol

Foi mais um fim-de-semana de futebol em Cabo Verde. Derby e Mindelese adiam decisão do título. AJAC desce à segunda divisão. Académica e o Marítimo passam à final da Taça Porto Novo. Rosariense vence da taça regional. Vulcânico revalida título. Palmeira conquista regional.

São Vicente

O título de campeão de São Vicente da 1ª divisão só fica definido na última jornada da prova, no próximo sábado, quando se defrontarem Derby, líder isolado com 33 pontos, e o Mindelense, segundo, com 31 pontos.

A penúltima jornada, concluída ao final da tarde deste domingo, deixou tudo na mesma. Os dois candidatos ao título venceram os respectivos jogos. O Derby derrotou a Académica por 1-0, igual resultado favorável ao Mindelense na sua partida com o Batuque.

O campeonato chega ao fim no próximo fim-de-semana e ao Derby basta um empate no seu jogo com Mindelense, no próximo sábado, para festejar a conquista do título, enquanto ao Mindelense só interessa a vitória.

No outro jogo da 13ª jornada, o Salamansa venceu o Castilho por 2-0.

Santiago Norte

O campeão em título, AJAC, da Calheta, desceu para a segunda divisão após um empate a duas bolas com o Varandinha do Tarrafal, em jogo da 18ª e última jornada. O AJAC juntou-se assim ao Desportivo no grupo de equipas que desceram ao segundo escalão.

Por outro lado, o Beira-mar goleou o actual campeão Scorpion, por 5-3. Nas outras partidas, referentes à 18ª jornada, o Benfica venceu o Grémio de Nhagar por 3-2, Flor Jovem goleou o São Lourenço, por 5-2, e o Estrelas dos Amadores derrotou o Desportivo, por 5-1.

Em Santiago Norte, o Scorpion é campeão e vai representar a região no campeonato nacional, que começa a 07 de Abril.

Santo Antão Sul

A Académica e o Marítimo são os finalistas da edição 2017/2018 da Taça Porto Novo, a segunda competição mais importante do calendário de futebol em Santo Antão-Sul. Nas meias-finais, disputadas no sábado, a Académica, já campeã regional, derrotou a Sanjoanense por 2-0, enquanto o Marítimo venceu o Sporting por 3-2.

A final da prova deve acontecer já no próximo fim-de-semana. Nas últimas sete temporadas o troféu tem sido conquistado somente pela Académica que, desde a criação da região desportiva de Santo Antão – Sul, em 1997/1998, já venceu a prova por 12 vezes.

O Marítimo, por seu lado, ganhou a Taça Porto Novo por três vezes.

Santo Antão Norte

A equipa do Rosariense sagrou-se vencedora da taça regional em Santo Antão Norte, ao derrotar, sábado, o Foguetões, na final, por 1-0.

O presidente do Rosariense, Orlando Jesus Delgado, citado pela Inforpress, manifestou-se satisfeito pela conquista do segundo mais importante troféu desta temporada desportiva e chamou a atenção para o facto de a sua equipa ter perdido apenas um jogo em dois anos e vencido todos os troféus em disputa nesta época, excepto o campeonato regional.

Esta foi a última competição da presente temporada futebolística em Santo Antão Norte.

Recorda-se que o Foguetões é o campeão nesta região desportiva.

Fogo

O campeonato regional de futebol do Fogo, do primeiro escalão, chegou ao fim com a formação do Vulcânico a revalidar o título, conquistando o segundo tricampeonato da sua história, relegando para o segundo e terceiro postos os seus mais directos adversários, Académica e Botafogo.

No último jogo deste domingo, que encerrou a competição, o Botafogo venceu o Spartak de Aguadinha por 3-1, garantindo assim o terceiro posto na tabela classificativa.

No extremo oposto, as equipas do ABC de Patim que, somou sete pontos em 54 possíveis, duas vitórias e um empate, e o Cutelinho dos Mosteiros, que foi campeão regional da época 2002/03, com oito pontos, foram despromovidos.

Resultado dos jogos da última jornada do campeonato regional do primeiro escalão: Nova Era 1 – Vulcânico 1; Atlético 1 – Académica 2; ABC 2 – Valencia 1: Cutelinho – No Pintcha não se realizou e Botafogo 3 – Spartak 1.

A tabela classificativa final é liderada pelo Vulcânico, campeão regional com 46 pontos, seguido da Académica, com 42, Botafogo, 34, Nova Era, 31, Spartak, 27, No Pintcha, 23, Valencia , 21, Atlético , 17, Cutelinho, 8 e ABC de Patim, 7 pontos.

Sal

A equipa do Palmeira conquistou o título de campeão regional na ilha do Sal ao vencer, este domingo, o Florença por 3-1. A equipa voltou a conquistar o título, 18 anos depois.

Nos outros jogos, Santa Maria e Juventude empataram a duas bolas, Gaviões venceu o Académico por 2-1 e a Académica derrotou o Asgui por 2-0.

Com estes resultados, a formação da Palmeira termina o campeonato na primeira posição com 32 pontos. Seguem Santa Maria e Juventude vêm a seguir com os mesmos 28 pontos, Académico (23), Florença (21), Académica (10), Asgui (8) e Gaviões (8).

Maio

A equipa do Académico 83 venceu este domingo, no estádio municipal do Maio, no fecho da penúltima jornada, o Barreirense, por 3-1 e relegou a decisão do título regional de futebol para a última jornada.

Para a equipa do Barreirense bastava pelo menos um empate para se sagrar campeão do Maio, quando falta uma jornada para o término da prova, mas com esta derrota frente ao Académico 83 tudo ficou adiado para a última jornada.

No primeiro jogo deste domingo, a equipa de Real Marítimo venceu Santana por 5 -3 e com este resultado a turma de Santana vê-se relegada para a 2ª divisão.

No sábado, a equipa de Onze Unidos venceu Morrerense por 4-1. No outro jogo, a equipa de Mira-Mar goleou a turma da Académica do Maio por 4-0.

Com este resultado, a tabela classificativa é liderada pelo Barreirense que soma 31 pontos , seguido do Académico 83, com 29; Onze Unidos, 23; Morrerense, 17; Mira-Mar , 17; Real Marítimo, 14; Académica do Maio, 11 e no fundo da tabela encontra-se a equipa de Santana, com 7 pontos.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Rádio Morabeza, Inforpress,26 mar 2018 12:43

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  19 nov 2018 3:22

pub.
pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.