Restrição de viagens da China para Europa impede jogadores chineses de participar em torneios internacionais

PorAntónio Monteiro,15 fev 2020 9:54

O grande mestre chinês Wei Yi não está infectado pelo Coronavírus, mas, de acordo com o chessbase.com, as restrições de viagens da China para a Europa e vice-versa impediram que ele se deslocasse à capital da república Tcheca para participar no torneio principal do Festival de Xadrez de Praga para o qual foi convidado.

O II Festival de Xadrez de Praga tive início, ontem, terça-feira, e decorre até 22 de Fevereiro.

Wei Yi foi substituído pela estrela emergente, Alireza Firouzja. Recentemente, o jovem prodígio iraniano enfeitiçou o mundo do xadrez com seus jogos espectaculares no torneio de Tata Steel Chess, em Wijk aan Zee, na Holanda. Para o organizador do Festival, Petr Boleslav, Firouzja como jogador alternativo foi a opção «mais lógica e óbvia». Wei Yi lamentou não poder participar e disse à organização que ele espera jogar em Praga noutra ocasião.

Restrição de viagens pode comprometer participação de Ding Liren

Wei Yi não é o único jogador que tem problemas para viajar. Ding Liren e Wang Hao classificaram-se para o Torneio de Candidatos que será disputado na cidade de Yekaterinburg (Rússia), de 15 de Março a 05 de Abril, mas a participação dos dois jogadores depende da evolução da epidemia do Coronavírus. Este torneio é importante, pois definirá o próximo desafiante do actual campeão mundial Magnus Carlsen.

Segundo a mesma fonte, a FIDE entrou em contato com os dois jogadores na esperança de que, se tudo estiver organizado a tempo, eles terão melhores chances de jogar. Existem novos requisitos para vistos também para visitantes chineses e, em qualquer caso, eles precisarão viajar com antecedência para o torneio, ou seja, alguns dias antes de 15 de Março.

Ding Liren vive em Wenzhou, a cerca de 800 quilómetros de Wuhan, o epicentro do Coronavírus. Já Wang Hao planeava passar o mês de Fevereiro em Tóquio (Japão) e não terá podido viajar.

Ding Liren e Fabiano Caruana são os favoritos

Se até princípios de Março as autoridades chinesas não tiveram a epidemia sob controlo será uma des­graça para Ding Liren, pois juntamente com o norte-americano Fabiano Caruana é tido como um dos grandes favoritos ao título do Candidatos 2020.

Aliás, além de Magnus Carlsen, são os únicos enxadristas acima dos 2800 pontos no ranking da FIDE. Caruana, de 27 anos, tem vaga garantida no torneio por ser o actual vice-campeão mundial.

O melhor jogador chinês Ding Liren (27) está classificado por ser o vice-campeão da Copa do Mundo de 2019. Trata-se do primeiro xadrezista da China a disputar um Torneio de Candidatos. Sólido, em 2018 terminou invicto com treze empates e uma vitória, o que lhe rendeu a quarta colocação.

A China vem com dois jogadores para o Torneio de Candidatos 2020. Além de Ding Liren, Wang Hao (30 anos) conseguiu uma surpreendente classificação no Grand Swiss de Isle Of Man. Actual número 16 do mundo, o chinês empatou com Carlsen, Caruana e venceu Anand no torneio que lhe rendeu a vaga.

Texto originalmente publicado na edição impressa do Expresso das Ilhas nº 950 de 12 de Fevereiro de 2020. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:António Monteiro,15 fev 2020 9:54

Editado porFretson Rocha  em  12 ago 2020 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.