O xadrez está acordado

PorFrancisco Carapinha,6 jun 2020 7:07

Nestes tempos conturbados pela pandemia, que tomou praticamente conta das nossas vidas, quase todas as actividades desportivas, em todo o mundo, parecem ter ficado adormecidas, tal qual uma Branca de Neve que espera o beijo despertador de um qualquer princípe que aparecerá montado num cavalo branco.

E digo quase todas, porque este sono parece não ser aplicável ao xadrez que se reinventou e tem tido maratonas de competições on-line por todo o mundo.

Mesmo sabendo que é mais fácil a batota, a que eu chamo o doping do xadrez, actuar nas competições online, o jogo dos reis, tem sabido manter-se em actividade contrariando, perante as condições actuais, o que tem acontecido com outras modalidades desportivas.

É caso para dizer que o xadrez está acordado e bem acordado. E em Cabo Verde, a modalidade também tem dado mostras de que não dorme e a prová-lo estão as inúmeros competições online que a Federação nacional tem organizado.

Depois da realização dos primeiros torneios experimentais, duma simultânea e dos primeiros campeonatos nacionais online, a FCX idealizou um Circuito de Torneios Blitz, composto por 5 provas, que durante o mês de Maio, aos Domingos, foi ocupando os entusiastas nacionais deste secular e nobre jogo.

No passado domingo, com a realização do Torneio Comemorativo do Dia da Comunicação Social, fecharam-se as contas deste Circuito, e embora o vencedor já fosse conhecido após a 3.ª prova, houve ainda algumas classificações que só foram conhecidas após a conclusão desta prova.

Participaram 38 xadrezistas neste Circuito de provas, e a classificação final dos melhores 10 ficou assim ordenada:

Clas. Jogadores PTS
IM Mariano Ortega 90
José Vaz 70
José Andrade 62
David Mirulla 46
Iura Miranda 37
Sidney Miranda 34
Gil Teixeira 33
Natalino Silva 28
Aguinaldo Vera-Cruz 26
10º António Monteiro 26

Todas estas actividades levadas a cabo pela entidade máxima do xadrez nacional, tiveram como lema: “Eu fico em casa. Jogo xadrez!”.

Agora que está finalizado o primeiro Circuito Blitz online, as atenções já estão voltadas para o primeiro encontro internacional e que irá opor, no match da Amizade, as equipas nacionais de Cabo Verde e de Angola.

O encontro está aprazado para o próximo domingo dia 7 de Junho, a partir das 17:00 horas de Cabo Verde e será jogado no servidor da Chess.com ao ritmo de 3 minutos para cada jogador com 2 segundos de acréscimo por lance.

As equipas serão constituídas por 10 elementos, sendo obrigatório a presença de, pelo menos, 2 elementos femininos. Cada jogador de uma equipa defrontará todos os outros da equipa adversária (sistema Scheveningen).

A equipa nacional de Cabo Verde será capitaneada pelo Director Técnico Nacional da FCX, o Mestre Internacional Mariano Ortega, que na sua qualidade de seleccionador escalou para este amigável os seguintes jogadores:

1 – Mariano Ortega (MI);

2 – José Vaz;

3 – José Andrade;

4 – David Mirulla;

5 – António Monteiro;

6 – Éder Pereira;

7 – Luís Barros;

8 – Luís Fernandes;

9 – Célia Rodriguez;

10 – Loide Gomes.

Foram escolhidos como suplentes, para estarem de prevenção, caso um dos efectivos fique impedido de participar, os jogadores seguintes:

- Iura Miranda (1.º Suplente);

- Sidney Spínola (2.º Suplente).

Este é o primeiro seleccionado crioulo escolhido por Mestre Ortega coincidindo com o primeiro encontro online de uma equipa nacional de xadrez.

Este amigável com Angola é mais uma prova de que o Xadrez está acordado.

Texto originalmente publicado na edição impressa do Expresso das Ilhas nº 966 de 03 de Junho de 2020. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Francisco Carapinha,6 jun 2020 7:07

Editado porSara Almeida  em  4 jul 2020 10:19

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.