Administração da TACV confirma atraso no pagamento dos salários de Março, mas garante regularização

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,9 abr 2018 7:09

A ​TACV confirma que o salário do mês de Março esteve atrasado, mas adiantou que a regularização da situação está em curso desde sexta-feira, 06, devendo estar concluída nesta segunda-feira, 09.

Num comunicado para reagir à noticia que dava conta do atraso no pagamento dos salários aos funcionários, a administração da campanha justifica o facto de alguns trabalhadores não terem ainda recebido os seus salários devido a transferências interbancárias, em que o dinheiro só estará disponível na conta 48 horas depois do depósito.

A administração da empresa indica que a situação foi devidamente comunicada internamente, por forma a preparar os funcionários para o respectivo atraso e, uma vez mais.

Por outro lado, crítica o facto do assunto ter tido “aproveitamento nos média”, o que, na perspectiva da administração, coloca em causa a saúde financeira do processo de reestruturação por que passa a empresa.

“Toda a administração dos TACV – Cabo Verde Airlines está empenhada em levar a companhia a bom porto, tomando as medidas necessárias para a viabilização financeira e salvaguardar as operações comerciais em curso”, refere o comunicado.

Os atrasos no pagamento de salário foram denunciados pela Inforpress, que cita fonte dos quadros da companhia aérea.

“Nós recebíamos na semana do dia 20, mas nos últimos tempos temos registados vários atrasos, e neste mês quase que a coisa é pior porque recebemos um comunicado da administração a dar conta da situação que está sem solução à vista”, referia sábado a fonte da agência de notícias.

Num comunicado enviado aos trabalhadores a administração “informa que até ao momento (06 Abril) não foi possível efectuar o pagamento dos salários referente ao mês de Março e que pelo facto lamenta os incómodos causados”. No mesmo documento, a empresa informa ainda que continua empenhada em solucionar o problema.

A TACV, sob a gestão da Loftleider Icelandic, do grupo Icelandair, transferiu desde Fevereiro todas as suas actividades para a ilha do Sal, estando a empresa neste momento em processo de reestruturação.

Parte dos trabalhadores vão ser despedidos e outros vão para reforma antecipada, estando neste momento a decorrer as negociações entre os sindicatos e a administração da empresa.

A TACV, sob a gestão da Loftleider Icelandic do grupo Icelandair, transferiu desde Fevereiro todas as suas actividades para a ilha do Sal, estando a empresa neste momento em processo de reestruturação.

Parte dos trabalhadores vai ser despedida e outros vão para reforma antecipada, estando neste momento a decorrer as negociações entre os sindicatos e a administração da empresa.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,9 abr 2018 7:09

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  19 set 2018 3:22

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.