TACV renova certificado de Segurança Operacional

PorExpresso das Ilhas, Lusa,12 abr 2018 6:55

A TACV renovou o seu certificado de Segurança Operacional da Associação Internacional de Transportes Aéreos (IATA) para o ano de 2019, segundo informação divulgada pela companhia.

"Cumprindo as normas de aviação internacional, a Cabo Verde Airlines renovou a certificação de Auditoria de Segurança Operacional (IOSA) da Associação Internacional de Transportes Aéreos (IATA) para o ano 2019", adianta a TACV, em nota à comunicação social.

O IOSA é um certificado internacional que avalia a gestão operacional e controlo de uma companhia aérea.

"Este certificado IOSA é mais um marco para a companhia aérea que continua a manter os padrões internacionais de aviação", considerou Mário Chaves, diretor executivo da Cabo Verde Airlines, citado na mesma nota.

A TACV acumula mais de 100 milhões de euros de passivo, e deixou de fazer voos domésticos em Agosto de 2017, mantendo apenas a operação internacional.

A companhia está a ser gerida pelo grupo islandês Icelandair, mediante um contrato assinado com o Governo para a reestruturação da empresa com vista à sua privatização, num processo que deve implicar a saída da empresa de mais de 200 trabalhadores.

A companhia iniciou em Fevereiro as suas actividades operacionais a partir da ilha do Sal e voa actualmente para sete destinos, nomeadamente, Brasil (Recife e Fortaleza), Estados Unidos da América (Boston), Portugal (Lisboa), França (Paris) e Itália (Milão).

A companhia anunciou, entretanto, para 18 de Junho, a abertura de uma nova rota de Lisboa para Salvador, com conexão à ilha do Sal.

A ligação realiza-se às segundas, quartas e sextas-feiras, com possibilidade de os passageiros poderem fazer um "stopover" de sete dias em Cabo Verde, sem custos adicionais no bilhete.

Os voos, com duração de 5 horas, serão operados com aviões Boeing B757, de 160 lugares, em classe económica e 22 lugares em classe Confort, encontrando-se os bilhetes à venda online, no site da companhia, ou nas agências de viagem. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,12 abr 2018 6:55

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  18 nov 2018 3:23

pub.
pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.