«Índia quer relação empresarial de longo prazo com Cabo Verde»- Rajeev Kumar

PorLourdes Fortes, Rádio Morabeza,17 jan 2019 16:46

Rajeev Kumar e Belarmino Lucas
Rajeev Kumar e Belarmino Lucas

​Educação, Saúde, Tecnologias, Biotecnologia, farmacêutica, energia solar. Alguns dos sectores que podem interessar aos empresários indianos que perspectivam investir em Cabo Verde.

A informação foi avançada hoje pelo embaixador da Índia para Cabo Verde, que discursava no seminário “oportunidades de negócio Índia-Cabo Verde”, realizado no Mindelo.

Segundo Rajeev Kumar, estes são sectores onde a Índia possui grande experiência e que podem ser uma mais-valia para Cabo Verde.

“Temos uma relação muito forte com os EUA, se forem a Silicon Valley vão ver somente indianos. Porque não aqui?", questiona.

Rajeev Kumar fala numa relação de cooperação a longo prazo apesar de apontar barreiras como a língua e a falta de informações sobre os dois países.

“A índia está muito longe de Cabo Verde, as empresas cabo-verdianas não sabem muito sobre as empresas indianas. Queremos abrir a porta dos dois lados. Eu penso que o capital privado é uma coisa que vai estabelecer uma relação entre os dois países para o longo prazo, porque o capital privado quando se move, move-se para longo prazo”, sublinha.

O embaixador da Índia para Cabo Verde aponta a participação de empresas cabo-verdianas nas feiras comerciais indianas como uma forma melhorar o conhecimento e estreitar relações entre os empresários dos dois países.

O seminário sobre oportunidades de negócio Cabo Verde-Índia foi promovido em parceria com a Embaixada da Índia e Câmara de Comércio de Barlavento.

Belarmino Lucas, presidente da CCB, destaca a necessidade de ampliação dos horizontes dos empresários cabo-verdianos para novos mercados.

“Criando as condições para que os empresários cabo-verdianos conheçam um novo mercado, cheio de potencial e que poderá, eventualmente, trazer muitas oportunidades para as suas actividades empresariais”, afirma.

Esta tarde decorrem no âmbito do seminário, encontros business to business entre empresários dos dois países.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Lourdes Fortes, Rádio Morabeza,17 jan 2019 16:46

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  24 abr 2019 23:23

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.