Missão empresarial portuguesa de visita a Cabo Verde

PorExpresso das Ilhas, Lusa,28 jun 2019 7:35

 Ana Mendes Godinho, secretária de Estado do Turismo
Ana Mendes Godinho, secretária de Estado do Turismo

​Uma dezena de empresários portugueses do sector turístico estarão na próxima semana em Cabo Verde para identificar oportunidades de investimento e internacionalização, numa missão liderada pela secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho.

A missão decorre entre segunda e quarta-feira (01 a 03 de Julho) e começa com a participação da comitiva no Fórum de Investimento, na ilha do Sal.

Em declarações à agência Lusa, a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, destacou o número e a diversidade das empresas que aderiram à missão.

"Temos empresas hoteleiras e operadores turísticos. Temos dois tipos de empresas que vão ver oportunidades de investimentos em Cabo Verde, quer no âmbito do Revive e da recuperação do património histórico que fala português quer também em termos de investimentos em construção nova ou mesmo de operação turística", disse.

A missão empresarial prossegue depois nas ilhas de Santiago e de São Vicente.

Ao abrigo do Programa Revive, cujo protocolo entre Portugal e Cabo Verde foi assinado em Março, decorre actualmente a identificação dos imóveis que poderão integrar o Revive Cabo Verde.

"Claramente as Pousadas de Portugal estão interessadas em ser parceiras no âmbito do Revive para Cabo Verde e aqui o objectivo é visitar imóveis históricos. Já há alguns imóveis identificados que vão ser visitados para ver se têm condições para a implementação do Revive", adiantou Ana Mendes Godinho, sem divulgar os imóveis em causa.

A secretária de Estado considerou que Cabo Verde "é um destino natural" para a internacionalização das empresas portuguesas, assinalando o "'know how' histórico" e a "grande proximidade entre investidores cabo-verdianos e portugueses".

"É um mercado natural de internacionalização das empresas turísticas. Cabo Verde está a apostar muitíssimo no turismo como instrumento de desenvolvimento económico e no posicionamento como um 'hub' de transporte aéreo em África e, para as nossas empresas, é uma oportunidade boa para crescerem num mercado onde o facto de termos a língua portuguesa em comum temos logo uma facilidade de desenvolvimento de novos projectos", reforçou.

Durante a deslocação a Cabo Verde será ainda assinada uma parceria entre as empresas portuguesas Neivagest e Água Hotels para a instalação de um centro de distribuição alimentar na ilha do Sal, com o objectivo de abastecer os empreendimentos hoteleiros daquela que é a ilha mais turística do país.

Integram a missão a Cabo Verde representantes dos grupos Lux Hotels, Água Hotels, NeivaGest, Pestana, Hoti Hotéis, Monfortour, Solférias, Pousadas de Portugal/Pestana e Oásis Atlântico Hotéis.

Participa também na missão a Confederação do Turismo de Portugal.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,28 jun 2019 7:35

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  26 mar 2020 23:21

pub.
pub.
pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.