Preços dos combustíveis com queda histórica

PorExpresso das Ilhas,31 mar 2020 22:35

Agência Reguladora Multissetorial da Economia (ARME) faz actualização e 'atira' preços de gasolina, gasóleo, gás, petróleo, fuel 380 e fuel 180 para mínimos históricos. A descida acentuada justifica-se com os impactos da COVID-19 na economia.Novos preços entram em vigor a partir das 00h00.

Consequência da pandemia de COVID-19, da quebra generalizada de procura e do excesso de oferta nos mercados internacionais , levaram a que os preços dos combustíveis fossem actualizados em baixa.

A queda maior é a do preço da gasolina. A partir das 00h00 de hoje cada litro de gasolina vai ficar 27$80 mais barato que antes. Assim sendo, cada litro de gasolina passa a custar 93$30, uma diminuição de 22, 96%

O gasóleo actualiza o preço também em baixa. A partir desta quarta-feira, cada litro passa a custar 77$70 - menos 16$70 do que na última actualização (-17,69%).

Já o Gasóleo Electricidade passa a 62,50 ECV; o Gasóleo Marinha passa a 52,40 ECV; o Fuel 380 passa a 54,70 ECV e o Fuel 180 passa a 57,40 ECV. O Gás butano passa a ser vendido a granel por 110,70 ECV, sendo que as garrafas de 3Kg passam a ser vendidas a 316,00 ECV; as de 6 Kg passam a 664,00 ECV; as de 12,5Kg passam a 1.384,00 ECV e as de 55Kg passam a 6.091,00 ECV.

Comparativamente ao período homólogo (Abril de 2019), a variação média dos preços dos combustíveis corresponde a uma diminuição de 23,90% e relativamente à variação média ao longo do ano em curso, ela corresponde a uma diminuição de 14,20%.

“O mês de Março de 2020 ficou marcado por uma tendência de descida das cotações do petróleo, num mês em que os mercados internacionais continuaram a seguir com preocupação a evolução dos efeitos na economia da pandemia mundial causada pelo surto de COVID-19, com consequências para sectores como o turismo e o transporte aéreo, o que tem reflexo directo na procura de combustíveis. Para alem disso, o fracasso do acordo entre a OPEP e a Rússia bem como o corte dos preços na Arábia Saudita desmoronaram as cotações do petróleo”, lê-se na nota.

Os novos preços máximos de venda ao consumidor final dos combustíveis vigoram até 30 de abril de 2020.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,31 mar 2020 22:35

Editado porSara Almeida  em  26 nov 2020 23:20

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.