Governo espera regresso de turistas já em Dezembro

PorFretson Rocha, Rádio Morabeza,28 out 2020 15:27

1

O Governo prevê o regresso dos turistas às ilhas do Sal e da Boa Vista a partir de 15 de Dezembro. O anúncio foi feito hoje pelo Primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, durante o debate parlamentar sobre “As respostas sanitárias, económicas e sociais para o novo contexto da pandemia de covid-19”.

“Tudo aponta, se tudo correr bem, que em princípios de Dezembro poderemos ter os primeiros operadores para essas ilhas. Todos os dados apontam que a 15 de Dezembro poderemos ter o começo da chegada de turistas de que tanto essas ilhas precisam para podermos começar novamente a reativar o emprego e a actividade económica”, anuncia.

O chefe do executivo reafirma que as medidas sanitárias para um regresso seguro dos turistas foram tomadas, nomeadamente com o aumento da capacidade de testagem à COVID-19, tendo em conta que a entrada e saída vai ser mediante teste PCR. Ulisses Correia e Silva fala na possibilidade de instalação de serviços de apoio ao teste nos próprios hotéis, assim como no acesso aos resultados através de plataforma informática, para que as pessoas deixem de ir às estruturas de saúde receber as respostas dos testes do novo coronavírus.

Ulisses Correia e Silva recorda que os centros de COVID-19 no Sal e na Boa Vista já estão certificados internacionalmente, a unidade de cuidados intensivos no Hospital Ramiro Figueira no Sal já está funcional, e em preparação na Boa Vista. Também refere que cerca de 500 estabelecimentos hoteleiros foram capacitados em normas sanitárias, assim como taxistas, aeroportos, transfers, transportes turísticos, agências de viagens, excursões, empresas de alugueres, casinos, lojas, entre outros serviços que operam no sector do turismo.

“Isto quer dizer que as condições sanitárias de protecção e de garantia de um turismo seguro estão criadas nestas duas ilhas. Estamos a espera agora da resposta em termos de demanda”, diz.

A previsão do regresso dos turistas já em Dezembro surge após a reabertura, a 12 de Outubro, dos voos comerciais internacionais,com os visitantes e turistas obrigados a apresentação de resultado negativo do teste PCR à covid-19, antes do embarque para o arquipélago.

O Primeiro-ministro recorda que no Sal e na Boa Vista a vida é fortemente dependente do turismo, sector que garante 25% do Produto Interno Bruto do país, e por isso considera fundamental que a retoma aconteça em breve.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha, Rádio Morabeza,28 out 2020 15:27

Editado porFretson Rocha  em  20 abr 2021 23:21

1

pub.
pub.
pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.