Turismo: Ministro aposta em 2021 como ano para a retoma

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,17 dez 2020 7:17

O ministro do Turismo e Transportes apontou esta quarta-feira que 2021 vai ser o ano da retoma do turismo e a época em que Cabo Verde poderá conseguir cerca de 50% da receita conseguida nos anos anteriores.

Carlos Santos deu essa garantia em declarações à imprensa, no âmbito da reunião do Conselho Nacional do Turismo (CNT), onde foi apresentado e discutido o Programa Operacional do Turismo e analisado um conjunto de medidas integradas de resposta aos impactos da COVID -19 sobre o turismo.

O CNT, segundo aquele governante, é um órgão de aconselhamento do Governo, responsável pela área do turismo que se reuniu esta quarta-feira sob o lema “Juntos na Retoma do Turismo em Cabo Verde”, com o propósito de perspectivar o turismo e acompanhar as medidas implementadas no âmbito da segurança sanitária, visando a criação de condições para que o país seja um destino seguro.

“Neste momento, temos tido boas notícias sobre as operações áreas e dos operadores turísticos para o reinício das actividades. A TUI anunciou abertura, mas não está a concretizar, devido à questão do confinamento na Europa. Temos pedidos de uma operadora da Polónia para iniciar no final deste mês e um outro de um operador checo”, disse.

Carlos Santos realçou, por outro lado, que estes pedidos de autorização são um “bom sinal” para o turismo que Cabo Verde quer desenvolver rumo à diversificação e à sustentabilidade, que considera serem chaves mestras sobre o que se pretende desenvolver no sector nos próximos anos.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,17 dez 2020 7:17

Editado porSara Almeida  em  19 set 2021 23:21

pub.
pub.
pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.