Edição 1145

PorExpresso das Ilhas,8 nov 2023 0:13

Na altura em que o Orçamento do Estado para 2024 vai ser discutido na Assembleia Nacional o Expresso das Ilhas faz manchete com a entrevista ao ministro das Finanças.

O Orçamento de Estado para o próximo ano (OE2024) vai subir ao parlamento. Segundo o Ministro das Finanças, está projectado para responder às necessidades emergenciais e focado para impulsionar a dinâmica das reformas das actividades económicas. Tem como principais pilares a procura pela estabilidade económica, a promoção de reformas e investimentos para criar empregos e o compromisso com a protecção dos mais vulneráveis. É também um Orçamento que quer aumentar o potencial de crescimento económico e que procura garantir uma economia mais aberta ao mundo através do turismo sustentável, mais verde, mais azul, mais digital, mais sustentável, mais inteligente, como explica Olavo Correia nesta entrevista ao Expresso das Ilhas.

Também em destaque está a reportagem sobre os nómadas digitais e para o interesse que Cabo Verde está a despertar entre esta comunidade.

35 milhões de nómadas digitais circulam actualmente pelo mundo e o arquipélago começa a chamar a atenção de quem quer trabalhar sem os grilhões de um espaço físico. O que começou por ser uma solução para a queda do turismo, por causa da pandemia, transformou-se, em pouco tempo, num negócio que já vale quase 800 milhões de dólares anuais e a tendência é de crescimento.

Ainda na Economia analisamos o mais recente Relatório de Política Monetária do Banco de Cabo Verde.

Depois de um crescimento histórico do PIB registado em 2022, no primeiro trimestre deste ano a actividade económica abrandou e a “desaceleração da actividade económica nacional deverá manter-se até ao final de 2023”, anuncia o Banco de Cabo Verde. As perspectivas para 2024 e 2025 são positivas.

Também em destaque nesta edição do Expresso das Ilhas está a cerimónia de abertura de mais um ano judicial.

Para aprimorar a justiça do país, os actores judiciais propõem revisão das métricas de colecta de dados e a alocação de recursos para promover uma justiça célere e eficaz, visando a redução de pendências e uma melhor prestação de serviços à população.

Destaque igualmente para o novo Conceito Estratégico de Defesa apresentado esta segunda-feira pelo governo.

12 anos depois, o Governo está a recolher subsídios para a elaboração de um Novo Conceito Estratégico de Defesa Nacional devido à situação internacional e às alterações importantes no cenário nacional que implicam a intervenção do Estado e da sociedade nos domínios relevantes para a garantia da segurança nacional. Conforme a ministra Janine Lélis, este Novo Conceito Estratégico de Defesa Nacional inclui um acordo com a NATO.

A ler igualmente os textos de opinião ‘Utilidade, coerência e previsibilidade’ de Ludgero Correia e ‘Uma oportunidade para aprofundar o comércio e o investimento entre os Estados Unidos e Cabo Verde’ escrito por Jeff Daigle, Embaixador dos EUA em Cabo Verde.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,8 nov 2023 0:13

Editado porAndre Amaral  em  21 fev 2024 23:29

pub.

pub.

pub
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.