​PJ detém homem suspeito de vários crimes de falsificação de documentos

A Polícia Judiciária (PJ) deteve esta terça-feira, 31, na cidade da Praia, um homem suspeito de vários crimes de falsificação de documentos, designadamente, certidões de nascimento, bilhetes de identidade, passaportes e extractos bancário, seis crimes de assumpção de identidade falsa e vários crimes de uso de documentos falsos.

Segundo um comunicado emitido hoje pela PJ, para a obtenção das identidades dos ofendidos, o suspeito vinha, desde 2013, apresentando-se em várias esquadras da Polícia Nacional onde declarava o extravio do seu Bilhete de Identidade e requeria uma certidão para efeito de pedido de emissão de BI.

Munido desta declaração e de uma certidão de nascimento dos ofendidos, de acordo com a PJ, o indivíduo solicitava, junto dos Serviços de Identificação Civil, a emissão da segunda via do B.I., contendo os dados de identificação dos ofendidos mas com a introdução da sua fotografia e assinava com o próprio punho o nome dos ofendidos.

“O suspeito fazia dessa actividade criminosa o seu modo de vida, tendo causado prejuízos financeiros a dezenas de vítimas residentes na Praia, Assomada, Santa Cruz e Boa Vista, e também aos bancos comerciais que, muitas vezes, face às reclamações dos clientes, eram obrigados a repor o dinheiro nas respectivas contas”, lê-se no comunicado.

O homem, natural da ilha do Fogo, foi detido através da Secção Central de Investigação de Corrupção e Criminalidade Económica e Financeira – SCICEF – em cumprimento de um mandado do Ministério Público. Presente esta quarta-feira, 01, às autoridades judiciárias competentes, para efeito do primeiro interrogatório judicial de arguido detido, e aplicação de medidas de coacção pessoal, o suspeito ficou em prisão preventiva.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Rádio Morabeza,2 ago 2018 12:42

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  18 set 2018 3:22

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.