Cabo Verde terá de investir 634 milhões de euros em vinte anos para responder à procura de água

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,1 out 2019 15:06

VII reunião do Comité Regional de Pilotagem do Programa Hidrológico Internacional
VII reunião do Comité Regional de Pilotagem do Programa Hidrológico Internacional (Rádio Morabeza)

Os custos no sector de água e saneamento são bem maiores nos países insulares, quando comparados com as realidades continentais. A afirmação é do ministro da Agricultura e Ambiente, proferida no acto de abertura da VII reunião do Comité Regional de Pilotagem do Programa Hidrológico Internacional (IHP), realizado pelo Governo de Cabo Verde, em parceria com a Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), que arrancou hoje, na cidade da Praia.

Gilberto Silva disse que é preciso sermos ambiciosos e realistas, tendo em conta a realidade Saheliana e arquipelágica

"Em Cabo Verde, segundo as análises técnicas, teremos de investir cerca de 634 milhões de euros em vinte anos, para fazer face à demanda do sector económico, e para que cada cabo-verdiano tenha acesso a um mínimo de quarenta, e um máximo de noventa litros de água por dia, assegurando que nenhum agregado familiar gasta mais de 5%, da sua renda mensal na aquisição e acesso à água e aos serviços básicos de saneamento”, explica.

Por outro lado, a Coordenadora das Nações Unidas em Cabo Verde, Ana Patrícia Graça, disse que a escassez de água é uma fonte de conflito e de tensões entre comunidades na região do Sahel, e o combate a esse desafio é fundamental para a paz.

"Por este motivo, a Assembleia Geral das Nações Unidas, proclamou a década de 2018 - 2028, como a década internacional para a acção de agua para o desenvolvimento sustentável, onde se destaca também a importância de uma boa gestão integrada dos recursos hídricos para o comprimento da agenda 2030. É por isso que para responder a este desafio, é efectivamente importante reunir todos os esforços da comunidade cientifica, lado a lado com os órgãos de decisão" avança.

A VII reunião do Comité Regional de Pilotagem do Programa Hidrológico Internacional decorre até 3 de Outubro, com o objectivo de reflectir e debater sobre os principais desafios do sector dos recursos hídricos no continente.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,1 out 2019 15:06

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  15 out 2019 10:19

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.