São Vicente acolhe este mês o I Fórum Nacional da Juventude

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,15 out 2019 8:11

​A ilha de São Vicente recebe entre os dias 17 e 19 o I Fórum Nacional da Juventude, realizado pelo Governo, em parceria com o PNUD e que terá a participação de cerca de 120 jovens.

A cidade do Mindelo, palco do evento, foi recentemente eleita Capital Cabo-verdiana da Juventude por um período de seis meses (Junho a Dezembro de 2019).

O 1º Fórum Nacional da Juventude decorre sob o lema “Preparar os jovens para o mercado global” e é realizado pelo Governo, em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e deverá contar, segundo informações do executivo, com cerca de 120 jovens e adolescentes, de ambos os sexos e de todas as ilhas do país.

O encontro, segundo a mesma fonte, visa “reforçar o diálogo” entre o Governo e a juventude cabo-verdiana, por forma a contribuir para “incrementar a participação cívica e política” da juventude nas agendas 2030 e 2063.

Pretende ser um espaço para “facilitar um campo de informação e divulgação de políticas de emprego e empregabilidade, debater as perspectivas da juventude sobre a participação cívica e voluntariado, partilhar “boas práticas” de estilos de vida saudável e identificar acções de impacto socioeconómico que contribuam para “ajudar o país” a atingir as metas do desenvolvimento sustentável.

O evento vai contar com a participação da “principal filantropia africana”, a Fundação Tony Elumelu, fundada em 2010 pelo bilionário e filantropo nigeriano Tony O. Elumelu, também presidente do Heirs Holdings Group – uma empresa de investimento privado, e do United Bank for Africa – Banco global da África

O Fundador estará em Cabo Verde esta semana, onde se juntará ao primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, no Youth Konnect (Fórum Nacional da Juventude), no painel “Juventude Africana: perspectiva e oportunidades”, neste evento cuja realização conta com a parceria da fundação que dirige.

O “maior desafio” que um jovem cabo-verdiano tem hoje, de acordo com uma nota do Governo, é estar preparado para o mundo globalizado.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,15 out 2019 8:11

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  1 jul 2020 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.