​PN detém quadrilha suspeita de vários crimes no Sal

PorFretson Rocha, Rádio Morabeza,15 jan 2020 6:42

A Polícia Nacional (PN) deteve, em flagrante delito, entre 10 e 12 deste mês, na ilha do Sal, cinco indivíduos suspeitos da prática de crimes de tráfico de drogas, posse e uso de notas falsas, roubo com violência e usurpação de funções de agentes da PN.

Em comunicado emitido esta terça-feira pelo Comando Regional da Polícia Nacional do Sal, a corporação refere que na primeira operação, levada a cabo no dia 10, um indivíduo foi detido na posse 1210 gramas de cannabis, nas imediações da Murdeira.

Na sequência das diligências foi ainda apreendido na sua residência, em Santa Maria, uma quantia de 16,4 gramas de anfetaminas e uma maleta contendo dez embrulhos de cannabis com um peso total de 12,665g (doze mil, seiscentos e sessenta e cinco gramas). Presente ao tribunal, foi-lhe aplicada a medida de coacção mais gravosa, prisão preventiva.

Na segunda operação, realizada na madrugada do dia 12, a PN no Sal dá conta da detenção de uma quadrilha de quatro pessoas, com idades compreendidas entre os 25 e 36 anos. De acordo com a nota da força policial, os indivíduos em causa usaram uma viatura Pick-up azul para se fazerem passar por agentes da Polícia Nacional à paisana, para depois praticarem o crime de roubo com violência.

“Ainda, os mesmos, na posse de notas de 50 Euros falsas, consumiam bebidas alcoólicas nos bares da cidade de Espargos”, lê-se.

Na posse da quadrilha foram apreendidos quatro telemóveis, notas nacionais e estrangeiras que ascendem os 115 mil escudos, uma nota de 50 Euros falsa e a viatura utilizada na prática dos delitos.

Presentes às autoridades judiciais para o primeiro interrogatório, três ficaram em prisão preventiva e ao dono da viatura, que também fazia parte do grupo, foi aplicado Termo de Identidade e Residência.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha, Rádio Morabeza,15 jan 2020 6:42

Editado porFretson Rocha  em  10 jul 2020 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.