Os 11 casos suspeitos de ontem testaram negativo. Três novos suspeitos, hoje

PorDulcina Mendes,27 mar 2020 21:10

O director Nacional da Saúde, Artur Correia avançou hoje que os 11 casos suspeitos da infecção da COVID – 19, anunciados ontem, deram todos negativos. Artur Correia avançou esta informação, numa conferência de imprensa sobre a actualização da COVID – 19.

Segundo Artur Correia, Cabo Verde conta, neste momento com três novos casos suspeitos da infecção da COVID – 19, na Boa Vista. Nove pessoas estão também a ser seguidas, na cidade da Praia, todas contactos familiares e do trabalho da esposa do cidadão de São Filipe.

Em relação ao bairro de Achada São Filipe, onde viviam os dois casos confirmados da capital, Artur Correia garante que merecerá uma atenção especial.

“O bairro de Achada São Filipe onde foi confirmado ontem o segundo caso positivo na cidade da Praia, e primeiro de transmissão local deverá merecer uma atenção especial, uma vez que se está a fazer o rastreio de todos os contactos das duas pessoas que deram como casos positivos de COVID – 19”, informa.

Quanto à protecção dos profissionais da saúde,  disse que estão a gerir bem os equipamentos, e desmente que não haja preocupação em relação aos mesmos.

Face a esta situação que o país está a enfrentar, Artur Correia apela à responsabilidade de todos nessa luta.

“Estamos a enfrentar uma grande responsabilidade. O Governo já tomou medidas drásticas que se impõem neste momento e esperamos que haja engajamento e responsabilidade de toda a população, e de todo o indivíduo em particular. O apelo que faço é que todos sigamos as recomendações, e estou convencido que a maioria do povo de Cabo Verde está a seguir as recomendações e está ciente das suas responsabilidades”, indica.

O DNS reforça que se está a fazer um estudo no bairro de Achada São Filipe. "Nos próximos dias vamos dar uma atenção especial a esse bairro para podermos seguir todas as ligações a esse caso e para podermos estar acima do acontecimento e na primeira oportunidade detectar eventuais casos e isolar. O nosso foco neste momento a nível de Cabo Verde, é correr atrás do vírus e eventuais casos e suspeitos e evitar que haja alastramento a partir desses casos".

O director Nacional da Saúde relembrou que será utilizado o espaço do Hospital Agostinho Neto para casos confirmados.  “Neste momento e se houver um número muito elevado de casos confirmados vamos arranjar um outro espaço alternativo para não misturar casos suspeitos com casos confirmados. Já está equacionado esse problema e só esperamos que não cheguemos a essa situação, de resto é algo que já mereceu várias reflexões da nossa parte e está devidamente equacionado”, garantiu.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Dulcina Mendes,27 mar 2020 21:10

Editado porSara Almeida  em  28 nov 2020 23:21

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.