Trabalhadores do hotel Riu Palace na Boa Vista terminam quarentena

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,5 abr 2020 10:06

1

107 trabalhadores que estavam, há 16 dias, em quarentena no hotel Riu Palace, na ilha de Boa Vista, devido ao novo coronavírus, saíram este sábado do estabelecimento hoteleiro depois de serem avaliados por uma equipa médica.

A informação foi avançada em conferência de imprensa pelo presidente do Serviço Nacional da Protecção Civil e Bombeiros (SNPCB), Renaldo Rodrigues que explicou que se fez a triagem “a todos os que estavam no espaço hoteleiro”, desde 19 de Março, e que já atingiram o período da quarentena estabelecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Renaldo Rodrigues reiterou que este procedimento consistiu numa avaliação médica a todas as pessoas que estavam no interior do hotel, realizada por um colectivo de médicos e enfermeiros.

“Entendeu-se que não havia razões para as pessoas continuarem de quarentena no hotel tendo em conta que nenhuma delas apresentava um quadro clínico duvidoso”, afirmou o presidente do SNPCB, justificando a decisão de suspender a quarentena no hotel Riu Palace.

O Presidente da SNPCB explicou que os trabalhadores passarão a ser observados a partir das suas residências, por um período de  14 dias, e serão acompanhados via telefone por uma equipa de saúde.

Informou ainda que se fez toda a recomendação médica aos trabalhadores sobre o comportamento que têm de ter em casa, como os cuidados de higiene, exposição às outras pessoas, a habitação e pessoas da comunidade.

Renaldo Rodrigues assegurou que, por uma questão de segurança, os trabalhadores assinaram um termo de responsabilidade em que “todos se comprometem a cumprir rigorosamente as indicações que foram acautelados pelos profissionais de saúde”.

A mesma fonte frisou que são indicações “importantes”, e que nesta fase terão que ser cumpridas “rigorosamente”, sob pena de haver sanções nos termos do código penal, observando ainda que “o intuito é justamente não deixar que as pessoas coloquem outras pessoas em risco”.

Entretanto o presidente da SNPCB ressalvou que “há excepções salvaguardadas na lei”, precisando que “as pessoas não estarão confinadas em apartamentos e poderão sair para irem às compras e à farmácia, mas tomando todas as precauções necessárias durante os 14 dias”.

Sobre o trabalho do dia de sábado Renaldo Rodrigues disse que foi um exercício “desgastante” uma vez que se iniciou o processe de manhã, tendo terminado à noite.

O presidente da SNPCB precisou que foi necessário para que, de facto, tivessem a certeza de que ninguém iria sair sem ser avaliado convenientemente, dando assim confiança e tranquilidade de que “quem saiu do hotel está clinicamente estável e não representa riscos para a família e para a sociedade”.

Na conferência estavam presentes a delegada de Saúde da Boa Vista, Krizia Delgado, e a epidemiologista Maria de Lourdes Monteiro, que faz parte da equipa que se encontra na ilha para avaliar o risco e apoiar a implementação das medidas de contenção da COVID-19.

Em 20 de Março, o hotel Riu Palace ficou em quarentena obrigatória devido ao surgimento de um caso suspeito de coronavírus na ilha.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,5 abr 2020 10:06

Editado porSheilla Ribeiro  em  11 ago 2020 23:21

1

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.