​PN apresenta 27 pessoas ao MP por incumprimento do estado de emergência em São Vicente

PorFretson Rocha, Rádio Morabeza,14 abr 2020 11:39

Madelino da Luz
Madelino da Luz(Rádio Morabeza)

A Polícia Nacional (PN) em São Vicente deteve e apresentou, nas últimas duas semanas, 27 pessoas ao Ministério Público, por incumprimento do estado de emergência em vigor no país desde 29 de Março. Para identificação, a força policial não avança números de detidos, mas diz que foram várias as situações.

O balanço foi feito esta manhã, em conferência de imprensa, pelo Comandante do Destacamento do Corpo de Intervenção e Unidade de Piquete, Madelino da Luz.

“Durante essas duas semanas detivemos 27 pessoas que foram presentes ao Ministério Público. Para efeito de identificação não consigo avançar números neste momento, mas inúmeras pessoas foram conduzidas para o efeito”, aponta.

A nível do trânsito, de 29 de Março até 13 de Abril, a Polícia Nacional fiscalizou um total de 854 viaturas e apreendeu 7 automóveis particulares por incumprimento das normas estipuladas no âmbito do estado de excepção decretado pelo Presidente da República.

Madelino da Luz lembra que é permitido a circulação de viaturas particulares na via pública para adquirir um serviço ou um bem essencial, além de outras excepções enquadradas no estado de emergência.

No que diz respeito aos estabelecimentos comerciais, a PN tem uma equipa que diariamente faz a fiscalização e notificação.

“Sobretudo nos primeiros dias, foram encerrados alguns estabelecimentos que estiveram a funcionar para além do horário estabelecido. Foram encerradas sobretudo mercearias nas periferias, mas diariamente com a fiscalização apertada acabamos por constatar que as pessoas começaram a cumprir, e até agora não há problemas a registar”, refere.

Quanto aos outros tipos de crime, nomeadamente furto e roubo, o responsável policial refere que as esquadras registam uma média de 3 a 4 ocorrências diárias, um número considerado baixo quando comparado com “os dias normais”.

Madelino da Luz diz que na primeira semana a Polícia Nacional optou mais por uma abordagem pedagógica, e considera que de uma forma geral o cumprimento é positivo.

Cabo Verde cumpre hoje 17 dias, de 20 previstos, de estado de emergência para conter a pandemia provocada pelo novo coronavírus. A população está obrigada ao dever geral de recolhimento, com limitações aos movimentos, empresas não essenciais fechadas e todas as ligações inter-ilhas e para o exterior suspensas.

O país regista, até agora, um total de 11 casos confirmados de COVID-19, sendo 7 na Boa Vista, 3 na Praia e 1 em São Vicente.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da COVID-19, já provocou mais de 120 mil mortos e infectou mais de 1,9 milhões de pessoas em todo o mundo. Dos casos de infecção, cerca de 402 mil são considerados curados.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha, Rádio Morabeza,14 abr 2020 11:39

Editado porSara Almeida  em  21 jan 2021 23:21

pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.