PN fez mais de 300 detenções e encerrou 50 estabelecimentos comerciais nas ilhas de Santiago e Boa Vista

PorDulcina Mendes,7 mai 2020 11:02

O Director Nacional da Polícia Nacional disse que durante os quatros dias da terceira fase do estado de emergência, a Polícia Nacional fez mais de 300 detenções, encerrou 50 estabelecimentos comerciais por não cumprimento, nas ilhas de Santiago e Boa Vista, e a nível nacional fiscalizou 2200 viaturas.

Emanuel Estaline Moreno apresentou esses dados esta quarta-feira, num balanço sobre as actuações da PN no terceiro período o estado de emergência.

Segundo o Director Nacional da Polícia Nacional, a PN vai adaptar a sua estratégia de actuação consoante o evoluir da pandemia com o reforço da fiscalização nos estabelecimentos comerciais e presença policial nas comunidades.

“Intensificar a fiscalização. Seremos mais intransigentes no cumprimento, há excepções mas as pessoas têm utilizada as excepções para permanecerem na rua, daí a necessidade de sermos mais contundentes na questão da fiscalização”, afirma.

Na sequência dessas medidas, disse que mais de 300 indivíduos foram detidos e 50 estabelecimentos comerciais encerrados por falta de cumprimentos das regras impostas pelo estado de emergência nessas duas ilhas.

“Temos registo de 336 estabelecimentos fiscalizados, e os estabelecimentos comerciais encerrados por não cumprimento das medidas estabelecidas são 50. O número de pessoas abordadas na via pública, no cumprimento do dever geral do recolhimento e confinamento, abordamos 807 pessoas que foram aconselhadas a voltar às suas residências. 315 Pessoas foram detidas para identificação, 10 foram apresentadas ao Ministério Públicos, mais de 2200 viaturas foram fiscalizadas e 48 retidas nos últimos quatro dias”, indica.

Emanuel Moreno disse que a Polícia Nacional tem feito o seu papel para manter a segurança e ordem pública, apesar dos riscos, e confirmou que 15 efectivos testaram positivo para COVID -19. “Neste momento confirmo que passamos de 13 para 15 elementos nossos que estão infectados e em isolamento”.

Em relação a denúncia feita por um cidadão esta quarta-feira à TCV de que foi mal atendido pelos agentes da PN, a quem acusa de mau procedimento em termos de higienização das mãos no terreno, o Director Nacional da Polícia Nacional assegurou que a Polícia utilizou os métodos e está atenta aos procedimentos e à questão dos cuidados que devem ter ao manipular qualquer documento ou meio que tiverem à sua disposição.

“Aqui não se coloca a questão da falta de higienização ou não. As informações que recebi tem a ver com o não cumprimento de uma das normas que saiu agora no novo decreto, que refere que todas as credenciais que tinham sido emitidas nas outras fases de estado de emergência já não são validas para a actual fase”.

Emanuel Moreno promete ainda rigor nos próximos dias durante o estado de emergência nas ilhas de Santiago e Boa Vista.

De referir que as ilhas de Santiago e da Boa Vista cumprem o terceiro período de estado de emergência. Segundo os dados do Ministério da Saúde e da Segurança Social divulgados esta quarta-feira, Cabo Verde regista 191 casos de COVID – 19. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Dulcina Mendes,7 mai 2020 11:02

Editado porSara Almeida  em  15 fev 2021 23:21

pub.

pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.