Alunos do 12º iniciam aulas presenciais hoje mas de forma facultativa – responsável

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,18 mai 2020 10:37

As aulas presenciais para os alunos do 12º ano de escolaridade iniciam hoje, 18, mas não não têm um carácter obrigatório, disse a directora nacional de Educação, acrescentando que a medida não contempla os concelhos de Santiago.

Em declarações à Inforpress, Eleonora Sousa adiantou, na passada sexta-feira, que, com excepção a ilha de Santiago, todos os outros concelhos arrancam as aulas presenciais hoje, dia 18.

“Relativamente ao regresso das aulas dos alunos do 12º de escolaridade, é de forma facultativa, não obrigatório e irá permitir aos professores concluírem os conteúdos que ficaram por terminar, mas também preparar os alunos para a prova de recurso”, explicou.

A responsável adiantou, no final da semana passada, que todas as delegações estavam a ultimar os preparativos para que os alunos do 12º ano possam iniciar as aulas presenciais hoje, mas sublinhou que há concelhos onde só será possível arrancar com as aulas no dia 20.

Eleonora Sousa afirmou que esse atraso de dois dias tem a ver com a necessidade de reunir todas as condições em termos de distanciamento, aquisição de máscaras, condições higiénicas e seguir com todas as recomendações ditadas pelo Ministério da Saúde.

“A nível do ministério, estamos a mobilizar todos os esforços para disponibilizar as máscaras, cada concelho esta ver qual é a sua disponibilidade sendo que não há máscaras ainda em todos os municípios e lá onde for possível vamos apelar aos alunos para trazerem máscaras individuais”, sublinhou.

Em relação a retoma das aulas presenciais em Santiago, conforme explicou, ainda não há uma decisão nem orientação para os concelhos da ilha já que o estado de emergência vigorará até o dia 29 deste mês.

A avaliação, explanou ainda, vai feita com base na média do 1º e 2º trimestres e os alunos que aprovarem não vão precisar de fazer a prova de recurso, a não ser que queiram subir a nota.

A prova de recurso, segundo explicou, é para os estudantes que não passaram de ano, mas a mesma não pode ser inferior a sete valores.

Por outro lado, disse que não tem ainda uma decisão sobre a prova de acesso ao ensino superior.

“A avaliação dos alunos do 4º, 5º, 6º, 7º, 8º, 9º, 10º, 11º anos de escolaridade será implementada a mesma medida do 12º, ou seja, a média dos dois primeiros semestres com possibilidade de fazerem uma prova de recurso desde que a nota não seja inferior a sete valores".

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,18 mai 2020 10:37

Editado porSara Almeida  em  2 jun 2020 22:19

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.