Praias podem voltar a fechar

PorLourdes Fortes, Rádio Morabeza,2 jun 2020 14:43

O Instituto Marítimo e Portuário reforça o apelo para o cumprimento das restrições de acesso e uso das zonas balneares, no âmbito das medidas preventivas para evitar a propagação da COVID-19. A violação das regras pode levar a nova interdição das praias.

A posição do IMP surge na sequência de denúncias de aglomerações de pessoas nas zonas balneares de São Vicente e Sal.

Em conferência de imprensa realizada hoje, em São Vicente, Joana Carvalho, presidente do conselho directivo do IMP, afirmou que o não cumprimento das restrições pode levar a nova interdição das praias.

“Apela-se ao cumprimento rigoroso do regulamento de acesso e frequência das zonas marítimas e balneares, sob pena da situação epidemiológica deteriorar-se. É nesse sentido que recordamos a todos que o regulamento pode ser alterado, caso se continue a constatar o não cumprimento das regras e as mesmas terem de ser interditadas novamente”, alerta

O acesso às praias balneares está sujeito ao cumprimento de normas de protecção sanitária, nomeadamente o distanciamento social, no mínimo de dois metros. É proibida a comercialização ambulante de bebidas. Estão também interditos os piqueniques, passeios, festas e convívios.

Aos infractores podem ser aplicadas coimas que variam entre 5 e 75 mil escudos.

“Estamos atentos a todas as denúncias, verificamos in loco. Tínhamos previsto fazer um balanço quinzenalmente para decidir pela abertura gradual de mais praias. Se todos cumprirem vamos continuar a abrir mais, se não, teremos que encerrar [as praias]”, assegura.

O IMP recorda que este ano a época balnear é considerada “de risco”, devido ao actual contexto provocado pela pandemia da COVID-19. 

Cabo Verde regista, neste momento, 466 casos acumulados, 237 recuperados e cinco óbitos devidos ao novo coronavírus.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Lourdes Fortes, Rádio Morabeza,2 jun 2020 14:43

Editado porSara Almeida  em  20 out 2020 23:20

pub.
pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.