São Nicolau: Delegacia de Saúde identifica 44 contactos dos casos confirmados

PorInforpress,16 jun 2020 10:22

As autoridades sanitárias de São Nicolau já identificaram 44 contactos dos dois casos confirmados de COVID-19 registados sábado naquela ilha do Barlavento, revelou hoje à Inforpress o delegado de Saúde da Ribeira Brava. Casos positivos regressaram ao Sal, sem avisar as autoridades, mas já estão a ser acompanhados pela delegacia dessa ilha.

Em declarações por telefone, Élvio Pereira disse que após a confirmação dos dois casos, as autoridades sanitárias saíram no terreno, tendo inclusive visitado o local onde as duas pessoas estiveram e feito desinfecção da casa onde estavam alojadas.

“Identificamos todos os contactos directos e mesmo os indirectos para termos uma noção geral de como está a zona e se não contaminaram outras pessoas”, informou o médico, completando que as 44 pessoas identificadas já tiveram as amostras recolhidas e enviadas para São Vicente.

Todas essas pessoas estão todas em quarentena domiciliar, revelou Élvio Pereira, frisando ainda que as autoridades sanitárias fizeram “a questão de sensibilizar novamente”, até porque, prosseguiu, “ainda há muitas pessoas que não acreditam que a COVID-19 existe”.

“Muitos não queriam mesmo fazer o teste. Tivemos que fazer campanhas de sensibilização e até levar a polícia. Alguns não querem dar informações, é-lhes perguntado se estiveram em determinados sítios, dizem que não, mas depois vem-se a saber que sim”, continuou.

Para já, diz o delegado de Saúde da Ribeira Brava que todos os contactos identificados estão assintomáticos e em quarentena domiciliar aguardando pelo resultado dos exames.

“A polícia foi orientada a fazer uma ronda sempre que possível na zona para certificar que as pessoas estão a cumprir”, completou.

Quanto aos dois casos positivos, Élvio Pereira disse que no momento que em que a Delegacia de Saúde recebeu a resposta, contactou essas pessoas, mas ficaram a saber que tinham viajado para a ilha do Sal no dia anterior, sem comunicar às autoridades.

“Estavam aqui de passagem e agora estão a ser acompanhadas pela delegacia de Saúde do Sal”, informou.

Cabo Verde regista um total de 760 casos de COVID-19 desde que a doença foi notificada, em Março. Desses, sete morreram e 307 doentes recuperaram, estando neste momento 449 doentes activos, de acordo com dados do ‘site’ da COVID-19.

Santiago é a ilha mais afectada com 622 casos, seguido do Sal (64), Boa Vista (57), São Vicente (10), Santo Antão (04) e São Nicolau (02).

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Inforpress,16 jun 2020 10:22

Editado porSara Almeida  em  30 mar 2021 23:21

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.