EUA negam tentativa de “influenciar indevidamente” o processo judicial de Alex Saab

PorSheilla Ribeiro,25 ago 2020 16:27

Os Estados Unidos de América negaram hoje, através da sua embaixada na Praia, tentativa de influenciar indevidamente o processo judicial do litígio em curso referente ao pedido dos Estados Unidos para a extradição Alex Saab. Garantem que é um assunto judicial a ser decidido pelos tribunais independentes de Cabo Verde.

“O litígio em curso referente ao pedido dos Estados Unidos para a extradição Alex Saab, de forma a responder a acusações de lavagem de dinheiro, é um assunto judicial a ser decidido pelos tribunais independentes de Cabo Verde. A independência judicial é o pilar da democracia. Os Estados Unidos reconhecem o poder judicial de Cabo Verde como um elemento fundamental da sua forte democracia e respeitam o processo legal estabelecido pelas leis e pela Constituição de Cabo Verde”, lê-se na nota enviada à redação.

Relativamente ao pedido de extradição em curso, os Estados Unidos garantiram que continuarão a cumprir todos os requisitos e as garantias estabelecidas pela lei e pela Constituição de Cabo Verde, alegando ser falsa qualquer informação em contrário.

“A forte reputação de Cabo Verde como um país que respeita o Estado de Direito e cumpre os seus compromissos internacionais é bem fundada e merecida, como demonstra este caso. A República de Cabo Verde continua a dar seguimento aos trâmites legais deste caso de acordo com a legislação cabo-verdiana e os compromissos do país, como membro responsável e credível da comunidade internacional”, refere.

Alex Saab foi detido no Sal, a 12 de Junho, No cumprimento de um mandado internacional, emitido pela Interpol, a pedido das autoridades norte-americanas. Os Estados Unidos consideram o empresário um testa-de-ferro de Nicolás Maduro. A defesa – liderada internacionalmente pelo antigo juiz espanhol, Baltazar Garzón - e governo venezuelano apostam na ilegalidade da detenção, já que Saab viajaria com passaporte diplomático.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sheilla Ribeiro,25 ago 2020 16:27

Editado porSara Almeida  em  30 out 2020 23:20

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.