ERIS suspende actividade de três estabelecimentos de saúde entre Julho e Setembro

PorSheilla Ribeiro,13 out 2020 9:23

A Entidade Reguladora Independente da Saúde (ERIS) suspendeu as actividades de três estabelecimentos prestadores de cuidados de saúde públicos e privados na ilha de Santiago, entre Julho e Setembro de 2020. Nos locais foram identificadas “situações de risco”.

Segundo uma publicação no site da ERIS, entre Julho e Setembro deste ano, foi realizado um total de 33 acções de inspecção aos estabelecimentos prestadores de cuidados de saúde públicos e privados.

A mesma fonte informa que as inspecções decorreram em estabelecimentos prestadores de cuidados de saúde classificados como Hospitais e Centros de Saúde, Clínicas e Policlínicas, Consultórios Médicos, de Fisioterapia e de Estomatologia, Laboratórios de Análises Clínicas, Centros Médicos e Centros de Reabilitação, sediados nos concelhos da Praia, Santa Catarina, São Lourenço dos Órgãos e São Salvador do Mundo, na ilha de Santiago.

As mesmas estão enquadradas no plano anual de inspecção da ERIS, assim como nas fiscalizações conjuntas no contexto da prevenção da contaminação por SARS-CoV-2 .

“Como resultado dessas acções foram suspensas as actividades de 3 estabelecimentos, nos quais foram identificadas situações de risco, em que a saúde pública poderia estar em causa”, lê-se.

Em termos de não conformidades nos estabelecimentos, foram registadas a ausência de procedimentos de higienização, a inexistência de espaços adequados para a lavagem, desinfecção e esterilização de materiais, estruturas físicas de acesso deficitárias, assim como a inexistência de Plano de Contingência no âmbito da COVID-19.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sheilla Ribeiro,13 out 2020 9:23

Editado porSara Almeida  em  30 out 2020 17:19

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.