Cabo Verde prevê mobilidade simplificada e facilitada com novo acordo de vistos com UE

PorExpresso das Ilhas, Lusa,25 fev 2021 16:33

O governo considerou hoje que a aprovação do acordo para simplificar as regras relativas a vistos permite “aprofundar cada vez mais” as suas relações com a União Europeia e prevê a mobilidade simplificada e facilitada.

“O novo acordo à alteração do acordo de facilitação de vistos permite aprofundar cada vez mais as relações de Cabo Verde com a União Europeia, uma vez que mobilidade vai passar a estar simplificada e facilitada”, sublinhou em comunicado de imprensa do Ministério dos Negócios Estrangeiros e Comunidades.

Ainda segundo a mesma fonte, o novo acordo reflecte o empenho das partes em promover os contactos interpessoais e uma “mobilidade segura, previsível e coordenada”.

O Conselho da União Europeia, actualmente sob presidência portuguesa, aprovou esta semana a assinatura de um acordo para simplificar as regras relativas a vistos com Cabo Verde, proposto pela Comissão Europeia em Dezembro último.

O Conselho da União Europeia anunciou, numa publicação na rede social Twitter, que adoptou na segunda-feira “a decisão de assinar um acordo que altera o acordo de facilitação de vistos entre UE e Cabo Verde”, com vista a reduzir as taxas envolvidas na sua emissão, alargar as categorias de cidadãos que podem candidatar-se a vistos de entradas múltiplas e simplificar os documentos a apresentar.

Os 27 dão assim ‘luz verde’ à proposta apresentada em 10 de Dezembro passado pelo executivo comunitário, que anunciou nessa data ter adoptado uma proposta para o Conselho no sentido de simplificar as regras para os vistos com Cabo Verde, que em 2014 tornou-se o primeiro país africano a concluir um acordo de facilitação de vistos, em paralelo com um acordo de readmissão, com a UE.

As novas regras reduzirão a taxa de visto, simplificarão a possibilidade de obter um visto de entradas múltiplas com um período de validade cada vez mais longo e simplificarão a lista de documentos comprovativos a apresentar juntamente com o pedido de visto para cidadãos de Cabo Verde.

O acordo de alteração facilitará ainda mais a emissão de vistos de curta duração aos cabo-verdianos (até 90 dias em qualquer período de 180 dias).

Em Outubro de 2019, o Conselho da UE autorizou a abertura destas negociações com Cabo Verde, as quais foram então concluídas em Julho de 2020.

A conclusão deste acordo faz parte de uma Parceria de Mobilidade mais vasta entre a UE e Cabo Verde, em vigor desde 2008, e reflecte o empenho das partes em promover os contactos interpessoais e a mobilidade mútua num ambiente seguro.

Cabo Verde assinou em 2014 um acordo de facilitação de vistos coma União Europeia, em paralelo com o acordo de readmissão no quadro da parceria para a mobilidade com o bloco europeu.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,25 fev 2021 16:33

Editado porAndre Amaral  em  10 mai 2021 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.