China entrega novo campus universitário a Cabo Verde

PorExpresso das Ilhas, Lusa,24 jul 2021 10:00

1

A República Popular da China entregou, ontem, o novo campus universitário da Uni-CV a Cabo Verde, empreendimento construído de raiz e financiado em 5.600 milhões de escudos, com capacidade para mais de 5.000 alunos e professores.

O complexo foi entregue  pelo embaixador da China acreditado na Praia, Du Xiaocong ao chefe de Governo de Cabo Verde, Ulisses Correia e Silva.

Segundo o embaixador da China na Praia,  este novo campus, que o Governo chinês entregou a Cabo Verde, ao fim de quatro anos de obras, é o “maior projecto” financiado por Pequim em Cabo Verde.

O diplomata anunciou que o campus da universidade estatal vai receber também o Instituto Confúcio – que já está instalado em Cabo Verde desde 2015 e que promove a extensão universitária, através da língua e da cultura da China – e "albergar" desta forma um curso de língua chinesa.

“Um grande progresso no ensino da língua chinesa em Cabo Verde”, afirmou Du Xiaocong.

Recordou que Cabo Verde e a China assinalam em 2021 os 45 anos do estabelecimento de relações diplomáticas entre os dois países (25 de Abril de 1976) e elogiou a “política de amizade com a China” do actual Governo, liderado por Ulisses Correia e Silva, garantindo que Pequim “não poupou esforços” em projectos para melhorar a vida do arquipélago.

Na sua intervenção, o primeiro-ministro apontou o objectivo de realizar reformas no sector, nomeadamente no ensino superior, ao longo da legislatura que iniciou em Maio, e assim promover “um caminho inclusivo, de excelência e de qualidade”.

“Temos o desafio de reestruturar o ensino superior”, reconheceu, a propósito do novo campus da universidade pública , assumindo a necessidade de definir modelos de proximidade para o ensino universitário em outras ilhas do arquipélago.

O novo campus da Universidade de Cabo Verde, cuja primeira pedra da obra foi lançada oficialmente em 20 de Junho de 2017 e que o Governo chinês entregou, esta sexta-feira, oficialmente a Cabo Verde, conta ainda com uma residência de estudantes com 142 quartos e cinco auditórios com capacidade para 150 lugares.

Integra igualmente um salão multiuso com 654 lugares, edifícios de administração, edifícios pedagógicos, centro de serviços, incluindo refeitórios, e campos desportivos.

Na informação sobre a recepção da obra, o Governo sublinha que o novo campus “reforça o ensino superior como um dos sectores de destaque na cooperação bilateral entre os dois países”.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,24 jul 2021 10:00

Editado pormaria Fortes  em  8 mai 2022 23:20

1

pub.
pub.
pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.