Entre Janeiro e Agosto foram registados 18 homicídios no país

PorSheilla Ribeiro,1 set 2021 11:20

1

Entre Janeiro e 31 de Agosto do corrente ano foram registados 18 homicídios a nível nacional, menos quatro no mesmo período de 2020. Durante o mês de Agosto, a cidade da Praia registou sete homicídios.

Os dados foram hoje avançados pelo Director Nacional da Polícia Nacional, Emanuel Moreno, antes da declaração do Primeiro-ministro ao país.

“De acordo com os dados registados na PN no passado mês de Agosto registou-se na cidade da Praia um total de sete homicídios. Isto quando em Agosto de 2020 haviam sido registados dois homicídios. Contudo, importará notar que entre Janeiro e 31 de Agosto do corrente ano o número de homicídios foi de 18, menos quatro do que queles registados no mesmo período de 2020”, informou.

Dos 18 homicídios registados nesses meses, 14 foram na Praia, um em Ribeira Grande de Santiago, um em Santa Catarina de Santiago, um em São Filipe e um em Ponta do Sol.

Emanuel Moreno fez ainda o balanço da operação de prevenção criminal realizada no passado dia 31, nos bairros de Tira Chapéu, Moinhos, Vila Nova, Achadinha Pires, Paiol, Fundo Cobom, Casa Lata, Bela Vista e Palmarejo.

“Como resultado da operação especial realizada foram executados 32 mandados de busca domiciliária, foram conduzidos à esquadra policial 25 indivíduos, dos quais 9 foram detidos em flagrante para serem presentes ao Ministério Público por crimes de posse de armas de fogo, estupefacientes e armas brancas. Outros quatro, por se encontrarem ausentes no momento da busca, o que impossibilitou a sua detenção em flagrante delito, vão ser denunciados por terem sido encontrados nas suas residências armas e objectos proibidos”, afirmou.

Foram apreendidas cinco viaturas por falta de documentação legal de circulação, aplicadas 45 mil escudos de coimas e apreendidas igualmente, livretes e cartas de condução.

Segundo o Director Nacional da Polícia Nacional, foram apreendidos vários objectos provenientes de roubos entre os quais electrodomésticos, computadores, colunas de som, jóias, tablets e telemóveis.

Foram ainda apreendidas armas brancas diversas como facas, x-actos, catanas, tacos de basebol, machadinhas, cannabis em forma de planta, vários sacos contendo ervas supostamente estupefacientes, vários sacos contendo pó branco, supostamente cocaína, cachimbos de fumar droga e uma quantia de 19 mil escudos em dinheiro, entre outros.

De acordo com aquele responsável a operação prolongou-se por cerca de cinco horas, contou com a participação de 185 efectivos policiais das diversas unidades orgânicas da Polícia Nacional, com o Comando Regional de Santiago Sul e Maio, Comando Regional de Santiago Norte, Corpo de Intervenção, Guarda Fiscal, Polícia Marítima e da Polícia Judiciária envolveu a mobilização de mais de 20 viaturas e de meios adicionais de acompanhamento, suporte operacional e vídeo vigilância.

“Estas e outras operações continuarão a ser executadas na cidade da Praia, como as que resultaram recentemente da detenção de indivíduos procurados pelas autoridades judiciárias. A PN, tem a consciência da importância de reforçar a eficácia no domínio da prevenção criminal e a luz da legislação vigente continuará a levar a cabo periodicamente e em conjunto com as demais autoridades mais operações especiais de prevenção criminal em áreas geográficas delimitadas”, assegurou.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sheilla Ribeiro,1 set 2021 11:20

Editado porAndre Amaral  em  10 jun 2022 23:21

1

pub.
pub.
pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.