​Biosfera espera que gestão pesqueira seja prioridade do novo ministro do Mar

PorFretson Rocha, Rádio Morabeza,29 nov 2021 11:50

O presidente da ONG ambiental Biosfera espera que Abraão Vicente, ao assumir o Ministério do Mar, tenha a mesma dinâmica que tem tido no sector da cultura. Tommy Melo aponta a gestão das pescas como uma das questões prioritárias.

Em entrevista hoje à Rádio Morabeza, sobre as perspectivas em relação ao ministro apontado para substituir Paulo Veiga, que pediu demissão do cargo, o ambientalista diz que não tem opinião formada mas que há questões importantes na agenda.

“Existem vários processos de cogestão em andamento e os que não estão em andamento devem iniciar-se. Existem leis e regulamentos de pesca que têm de ser revistos. A meu ver, foram implementados um bocadinho ao atropelo e não resultaram para ninguém. Em relação ao Acordo de Pesca, aquilo que temos pedido é que seja revisto, para tentarmos atingir uma melhor qualidade. Falo da mitigação para captura de espécies protegidas”, aponta.

Entre os assuntos que ficaram pendentes com Paulo Veiga, e para os quais Tommy Melo espera empenho de Abraão Vicente, consta a solicitação dos dados em bruto das capturas feitas nas águas de Cabo Verde por embarcações internacionais, para que esses dados possam ser tratados por uma instituição independente.

Outro ponto, de acordo com a mesma fonte, prende-se a situação do ilhéu Raso, tendo em conta a situação de confronto que existe com a actividade de caça submarina naquela reserva integral, ainda sem um plano de gestão.

“O ministro Paulo Veiga tinha-me dito que não conseguia fazer nada enquanto o Ministério do Ambiente não aprovasse um plano de gestão para a área. Portanto, ele estava na sua condição de ministro a tentar dialogar com o ministro do Ambiente para tentar que esse processo, que já decorre há mais de 20 anos, pudesse ser acelerado e conseguíssemos ter, finalmente, um plano de gestão para as ilhas desertas de Santa Luzia, ilhéu Branco e ilhéu Raso, e que pudéssemos, assim, colocar em marcha as medidas de conservação. Esperamos que o novo ministro dê continuidade a esse processo e a outros”, realça.

O ministro da Cultura de Cabo Verde, Abraão Vicente, vai acumular a pasta de ministro do Mar, conforme proposta apresentada no dia 26 de Novembro pelo primeiro-ministro ao Presidente da República, após o pedido de demissão de Paulo Veiga.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha, Rádio Morabeza,29 nov 2021 11:50

Editado porAndre Amaral  em  11 ago 2022 23:28

pub.
pub.
pub.

pub
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.