​SIACSA disposto a sair à rua para exigir aumentos salariais

PorFretson Rocha, Rádio Morabeza,9 ago 2022 13:54

A delegação do SIACSA em São Vicente considera preocupante o facto de o Governo ter afastado a possibilidade de aumentos salariai para este ano. O sindicato entende que os trabalhadores estão a sofrer com o agravamento do custo de vida, razão pela qual está disposto a sair à rua para manifestar o seu descontentamento, afirmou hoje o representante sindical no Mindelo.

“Estamos a acompanhar a situação, que é preocupante. A delegação de São Vicente do SIACSA defende qualquer manifestação ou greve. Se os trabalhadores quiserem sair à rua e se os outros sindicatos partilharem da mesma ideia, nós não temos nenhum problema”, diz.

As declarações de Heidi Ganeto, responsável local do Sindicato de Indústria Geral, Alimentação, Construção Civil, Agricultura, Florestas, Serviços Marítimo e Portuário (SIACSA), foram feitas hoje, durante uma conferência de imprensa. A mesma fonte refere que o aumento dos bens de primeira necessidade e dos combustíveis, em consequência da guerra na Ucrânia, fez com que a classe trabalhadora na ilha, principalmente os funcionários que recebem o salário mínimo, sofresse ainda mais.

“Sempre defendemos o aumento do salário mínimo para 15 mil escudos. Todos os bens de primeira necessidade subirem. Para uma pessoa que ganha 13 mil escudos a situação fica complicada, nomeadamente as senhoras das fábricas. Não dá para nada. O Governo devia ter bom senso, porque os preços subiram e os trabalhadores ficaram ainda mais apertados”, afirma.

“Hoje, em São Vicente, trabalha-se para sobreviver, quando seria para viver”, diz.

O SIACSA considera urgente que o governo procure os sindicatos para, juntos, elaborarem medidas para fazer face ao aumento do custo de vida.

Na reunião de concertação social realizada no final do mês de Julho ficou definido que os parceiros sociais vão analisar este mês as políticas de rendimento e preços, entre elas, a eventualidade de aumentos salariais para 2023.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha, Rádio Morabeza,9 ago 2022 13:54

Editado porFretson Rocha  em  2 dez 2022 23:28

pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.