Dia da Cidade do Mindelo já é feriado municipal

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,27 mar 2024 8:44

Dia da Cidade do Mindelo, celebrado a 14 de Abril, foi instituído como feriado municipal, em São Vicente, após a proposta ser aprovada por unanimidade pelos eleitos municipais na 7ª sessão ordinária da Assembleia Municipal.

À Inforpress, a presidente da Assembleia Municipal de São Vicente, Dora Pires, explicou que a aprovação dessa proposta por todos os partidos deveu-se ao consenso obtido antes na conferência de representantes.

“Há muito que os munícipes estavam a pedir este feriado e nós por achar que essa reivindicação era justa levamos essa proposta à deliberação, mas antes já tínhamos obtido unanimidade na conferência de representantes, e ela foi aprovada por todos”, regozijou-se Dora Pires.

Mindelo fará 145 anos da sua criação no próximo dia 14 de Abril.

Foi elevada à categoria de cidade em 1879, numa altura em que tinha 3.300 habitantes 27 ruas, uma praça, cinco largos, 11 travessas, um beco e dois pátios, quase todos calcetados, arborizados e iluminados por um total de 120 candeeiros a petróleo, segundo os dados da época.

Mindelo recebeu o seu nome pela rainha D. Maria II, de Portugal, em homenagem ao desembarque do exército expedicionário de D. Pedro IV nas praias da localidade do Mindelo, no ano de 1835, próximo de Viana do Castelo, em Portugal.

Graças à sua localização geográfica, e devido ao importante papel do Porto Grande São Vicente, tornou-se numa cidade do Mindelo ponto fulcral nas ligações entre a Europa e a América permitindo-lhe desenvolver uma estrutura socioeconómica, com novos hábitos e gostos, trazidos pela forte presença inglesa na ilha.

Dados oficiais da História de Cabo Verde apontam que no local onde hoje se localiza a Pracinha da Igreja, constituíram a então Aldeia de Nossa Senhora da Luz.

Posteriormente, em 1819, foi rebatizada a aldeia como Leopoldina, em homenagem à imperatriz Maria Leopoldina, da Áustria.

Em 1859 Mindelo foi elevado à categoria de vila, pois já possuía “quatro ruas, quatro travessas, dois largos e 170 habitações” para uso dos cerca de 1.400 habitantes, que viriam a prosperar com a instalação de várias companhias inglesas de carvão, sendo considerado em 1875 o maior porto carvoeiro do Atlântico médio.

Quatro anos mais tarde, em 1879, o Mindelo seria elevado à categoria de cidade, com os seus 3.300 habitantes a poderem usufruir já de 27 ruas, uma praça – a conhecida D. Luís – cinco largos, 11 travessas, um beco e dois pátios, quase todos calcetados, arborizados e iluminados por um total de 120 candeeiros a petróleo, segundo os dados da época.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,27 mar 2024 8:44

Editado porSara Almeida  em  16 abr 2024 22:20

pub.

pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.