Portugal e Cabo Verde reforçam cooperação na área da saúde

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,15 jan 2018 19:59

Adalberto Campos Fernandes, Arlindo do Rosario
Adalberto Campos Fernandes, Arlindo do Rosario(Rádio Morabeza)

Promover a formação no campo da saúde, estabelecer parcerias em projectos de investigação científica, promover a tele-medicina. Eis alguns dos objectivos do protocolo assinado hoje entre os mistérios da Saúde de Cabo Verde e Portugal.

O ministro da Saúde e da Segurança Social, Arlindo do Rosário, afirma que esta parceria com Portugal é uma oportunidade para relançar a cooperação entre os dois países.

“As juntas médicas de Cabo Verde terão em seu poder um instrumento importante para discutir com os colegas de Portugal os casos, uma melhor filtragem para quem será evacuado mas também,  nesta perspectiva, o doente, quando for evacuado, terá de saber para onde vai e com quem”, explica.

Durante a visita, Arlindo do Rosário terá oportunidade de discutir com o homólogo Português a questão dos doentes com insuficiência renal e - 40 por cento têm origem na região norte do país. 

“A extensão do centro de hemodiálise para a região norte, nomeadamente São Vicente, irá diminuir o sofrimento dos doentes, permitir uma resposta mais próxima", estima.

Também o ministro da Saúde português, Adalberto Campos Fernandes quer aprofundar a cooperação na área da hemodiálise.

“Foco em concreto na questão da hemodiálise mas também noutras áreas e nas profundas áreas, como o ensino medico, pré e pós graduado”, concretiza. 

Amanhã, Campos Fernandes desloca-se à cidade da Praia para visitar o hospital Agostinho Neto. No dia 17, participa na sessão de abertura do congresso da Ordem dos Médicos de Cabo Verde.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,15 jan 2018 19:59

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  22 set 2018 3:22

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.