Jorge Santos destaca economia marítima e juventude na cooperação com São Tomé

PorExpresso das Ilhas, Lusa,15 mar 2018 7:09

Jorge Santos
Jorge Santos

O presidente da Assembleia Nacional sublinhou quarta-feira a profundidade "dos laços de sangue" que unem São Tomé e Cabo Verde, destacando as áreas de economia marítima e juventude como "grande prioridade da cooperação entre os dois países.

"Temos uma cooperação e amizade que se estriba em laços históricos de consanguinidade, de irmandade, mas também de muita amizade e é chegado o momento dessa nossa geração dar um passo em frente nessa cooperação com dois grandes objectivos", disse Jorge Santos, que falava à imprensa no final de uma audiência com o Presidente são-tomense, Evaristo Carvalho.

Os "dois grandes objectivos" são a economia marítima, que liga os dois países através do turismo e as indústrias ligadas às pescas e os transportes para, salientou, resolver o problema das ligações marítima e aérea, e a formação da juventude.

Jorge Santos defendeu o estabelecimento de ligações aéreas e marítimas entre Angola, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe para impulsionar o turismo, trocas comerciais e investimentos, bem como a circulação de pessoas e bens.

O presidente do parlamento cabo-verdiano acrescentou que transmitiu ao Presidente são-tomense que para Cabo Verde "o parlamento é o centro vital dos sistemas democráticos".

"Transmiti ao senhor Presidente da República a reforma que estamos a fazer, a abertura do parlamento à nossa sociedade, permitindo uma relação biunívoca com as populações e acompanhando a evolução das sociedades. Acreditamos que também são preocupações do parlamento de São Tomé e Príncipe", afirmou.

Jorge Santos, que concluiu ontem uma visita de trabalho de cinco dias a São Tomé e Príncipe, teve encontros com vários responsáveis do país e visitou a ilha do Príncipe, onde convidou o presidente do Governo Regional, José Cassandra a visitar o seu país.

O presidente do parlamento de Cabo Verde encontrou-se ainda com a comunidade cabo-verdiana radicada em São Tomé e Príncipe e congratulou-se com o facto de já terem também a nacionalidade são-tomense.

Jorge Santos destacou ainda que a sua deslocação pretendeu "marcara e inaugurar uma nova fase nas relações entre os parlamentos e entre os dois Estados".

O seu homólogo são-tomense, José Diogo, definiu Cabo Verde como um "parceiro importante e estratégico".

Registe-se no site para receber gratuitamente a newsletter Hoje, com as principais notícias do dia. É grátis e seguro. Clique aqui.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,15 mar 2018 7:09

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  19 nov 2018 3:22

pub.
pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.