Investimento no Afreximbank "é uma boa opção", diz PM

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,4 abr 2018 15:06

Seiscentos mil contos é o valor que Instituto Nacional de Previdência Social (INPS) pretende investir no capital social do Afreximbank. Governo concorda com operação.

O Primeiro-Ministro, José Ulisses Correia afirma que o governo dá o seu aval ao INPS para investir no capital social da instituição financeira.

“Eu acho que é uma boa opção, o Afreximbank é uma instituição de referência financeira e bancária e de investimentos a nível africano, portanto, dá todas as garantias de segurança de credibilidade para que o INPS, possa fazer a aplicação", avança.

A presidente da Comissão executiva do INPS, Orlanda Ferreira, recorda que é responsabilidade do INPS fazer a melhor gestão da sua própria carteira de investimentos.

“Temos disponibilidade, porque o INPS ainda está numa situação de acumulação de receitas. Temos disponibilidade, precisamos obter retorno dessa disponibilidade e, como sabe, a nível do mercado nacional, começamos a ter alguns problemas em termos da taxa de retorno. Há depósitos a prazo que já geram dois por cento de juros. Se temos uma possibilidade de abrir para o exterior, porque não? Existe esta abertura, temos uma proposta concreta, levámos uma proposta de trezentos mil contos, e o conselho directivo entendeu que deveria duplicar", sublinha.

O Instituto Nacional de Previdência Social deverá participar no capital social do Afreximbank com um investimento de 600 mil contos, o primeiro investimento no mercado internacional. A proposta é do Conselho Directivo. No entanto, o processo está ainda no início, com várias etapas pela frente, a começar pela aceitação do Governo e a autorização do Banco de Cabo Verde.

Em Fevereiro, o Afreximbank assinou com o Governo um acordo para uma linha de crédito no valor de 500 milhões de euros para financiar o sector privado e projectos público-privados nacionais. 

O Banco Africano de Importação e Exportação, Afreximbank, é uma instituição financeira internacional, com sede no Cairo, Egipto, cujo principal objectivo é a promoção das trocas comerciais dentro do continente africano e de África com o resto do mundo.

Este é um tema que pode ser lido em desenvolvimento na edição desta semana do Expresso das Ilhas e que será analisado, sexta-feira, no Panorama 3.0, da Rádio Morabeza

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,4 abr 2018 15:06

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  14 nov 2018 3:23

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.