Perante "preços incomportáveis" da TAP, Augusto Neves exige voos da Cabo Verde Airlines a partir de São Vicente

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,23 out 2018 14:49

​O presidente da câmara de São Vicente acusou hoje a transportadora aérea portuguesa TAP de “sufocar” a ilha com “preços incomportáveis” e exigiu do Governo os mesmos quatro voos da TACV (Cabo Verde Airlines) São Vicente-Lisboa, recentemente anunciados no percurso Praia-Lisboa.

Em conferência de imprensa, na manhã de hoje, no Mindelo, Augusto Neves disse que a TAP, na qualidade de “única transportadora aérea” que faz voos internacionais São Vicente-Europa, pratica “preços incomportáveis”, “duas vezes superiores” aos preços praticados pela mesma companhia nas outras ilhas do país, nomeadamente nos percursos Praia – Lisboa e Sal – Lisboa, e com “excessivas restrições” aos empresários e às empresas de São Vicente.

Intrigado com tal estado de coisas, por se tratar, como disse, de “preços diferentes para distâncias iguais no mesmo país, com o mesmo Governo”, Augusto Neves lembrou que os empresários e as empresas de São Vicente estão com “extremas dificuldades” na entrada e escoamento de mercadorias, ao contrário de colegas de outras ilhas.

“Ouvimos a notícia do anúncio de quatro voos semanais dos TACV no percurso Praia – Lisboa e perguntamos ao Governo se São Vicente também não é Cabo Verde”, lançou o autarca que exigiu ao executivo de Ulisses Correia e Silva “a mesma atitude” e que São Vicente seja igualmente contemplado com quatro voos semanais dos TACV.

O presidente da autarquia mindelense aproveitou para relembrar que São Vicente é a segunda ilha com “maior peso na estrutura” do Produto Interno Bruto (PIB) de Cabo Verde e a ilha que “mais exporta”, com mais de 70% de toda a exportação nacional.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,23 out 2018 14:49

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  13 dez 2018 3:22

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.