Mercado do Coco estará pronto até final do ano

PorDulcina Mendes,18 fev 2019 13:38

O Mercado do Coco estará pronto no final deste ano, sendo que as obras serão retomadas já na próxima semana, garantiu hoje o deputado da bancada municipal do MpD, Manuel Alves

Alves fez estas declarações, segunda-feira, numa conferência de imprensa, ao reagir aos comentários da presidente do PAICV, Janira Hopffer Almada, e do líder da bancada municipal do maior partido da oposição,  Vladmir Silves Ferreira, sobre as obras do novo mercado da Praia.

Segundo Manuel Alves, a câmara municipal da Praia vai, receber no âmbito do projecto PRAA (projecto de requalificação ambiental e de acessibilidade), 350 mil contos do Governo, para terminar as obras do Mercado do Coco.

Em relação às declarações de Janira e Vladmir, o deputado municipal do MpD consideram que são falsas.

“Com o valor apresentado pelo líder da bancada do PAICV, 100 mil contos ao ano de encargos de amortização, de um empréstimo de 450 mil contos, em cinco anos teríamos um valor pago à banca superior ao empréstimo”, indica.

Por outro lado, explica que as obras estão paradas, porque no início da sua execução houve alterações das fundações, por questão de segurança.

Quanto à denúncia crime que o PAICV disse que vai apresentar junto da Procuradoria-Geral da Republica, nos próximos dias, Manuel Alves afirma que se trata de uma estratégia da líder do PAICV, porque há eleições no próximo ano, mas que a câmara municipal da Praia tem uma gestão muito "clara, honesta e transparente".

“O Mercado do Coco não tem nem derrapagem e nem dinheiro enterrado. Num projecto que vai albergar cerca de mil vendedeiras tem que ser rentável”, frisa.

O Mercado do Coco orçado no valor de 330 mil contos, conforme aquele deputado municipal, a obra já consumiu apenas 220 mil contos.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Dulcina Mendes,18 fev 2019 13:38

Editado porDulcina Mendes  em  21 mar 2019 17:19

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.