Óscar Santos acusa PAICV de "atrapalhar" trabalho da autarquia

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,13 dez 2018 7:18

​O presidente da Câmara Municipal da Praia, Óscar Santos, acusa o PAICV de usar estratégias para “atrapalhar” o trabalho desenvolvido pela autarquia. Em causa o embargo à obra da praça do Palmarejo.

O autarca reage assim ao embargo das obras da praça do Palmarejo decretado pelo Tribunal da Comarca da Praia, que determinou a suspensão da obra que estava em construção desde 14 de Julho.

Segundo Óscar Santos, a acção cautelar foi liderada por um grupo de pessoas afecto ao PAICV, que se juntou ao Partido Popular (PP) e à União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID), para “atrapalharem” o trabalho desenvolvido pela autarquia.

“Já entrámos com uma acção para continuar com a obra e depois do dia 17 vamos dar entrada com uma outra no Tribunal de Relação, porque achamos que a razão está do nosso lado”, precisou.

Com esta paralisação, explica o autarca, a câmara poderá ficar prejudicada, já que existem contratos a serem cumpridos. Até este momento, já foram gastos cerca de 70 mil contos no projecto.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,13 dez 2018 7:18

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  2 set 2019 23:22

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.